Você sabe o impacto da indústria na economia do país?

Todos os setores tem sua importância para a economia de um país. Funcionam como um relógio suíço, no qual necessitam que todas as engrenagens estejam corretamente alocadas em seus lugares corretos para que por fim, o relógio possa marcar a hora correta.

Por isso, uma economia saudável, necessita que seus diversos setores estejam devidamente organizados e funcionando. A economia brasileira também funciona dessa forma.

Diversos setores como a agricultura e a agropecuária representam bons indicadores, porém, o setor industrial é um dos que mais se destacam, e não só no Brasil, como em diversos outros países e economias ao redor do mundo.

É interessante como se consegue realizar diagnósticos sobre o desempenho econômico do país, a partir dos índices demonstrados pela indústria, ou seja, se caem os índices indústrias caem também os índices de desempenho da economia do país.

Bom no texto que você lerá a seguir, iremos abordar os aspectos que o setor industrial tem e como eles ajudam a economia nacional a fluir a diante. Prossiga e entenda mais sobre o assunto.

A história da indústria brasileira

Ao olhar ao redor, já conseguimos reparar ou pelo menos ter um vislumbre da importância da indústria. Grande parte das coisa e objetos que nos cercam, nas quais utilizamos e interagimos durante nosso dia, foram produzidas a partir das indústrias.

Já a partir disso, percebe-se ou supõe-se que este seja um setor de grande importância para o país, e inclusive o Brasil tem essa ciência.

Mas esse aspecto não foi sempre assim, vamos entender melhor. Para que se tenha uma ideia, a industrialização do nosso país começou por volta de 1800, tempo que não havia nem acontecido a independência (declarada em 1822).

De lá pra cá, nosso setor industrial veio se arrastando e em meados dos anos de 1930, nos governos de Getúlio Vargas, passamos por um processo no qual nossa camada industrial avançou bastante.

A partir disso, houveram em outros governos, iniciativas de expansão massiva no meio da energia e transporte do país, fazendo com que se criasse um cenário muito positivo, no qual as multinacionais se sentiram confortáveis em se alocar aqui.

A partir disso conseguiu-se um desenvolvimento econômico e industrial no patamar que conhecemos hoje.

Indústria e economia

Hoje, no Brasil há indústrias dos mais variados segmentos e setores, que dada as devidas ressalvas, encontram-se num cenário muito favorável, com o investimento e crescimento de outras indústrias, que necessitam de peças, componentes e outras soluções industriais.

Então podemos concluir que hoje é extremamente comum que encontremos todos os fatores necessários para que uma indústria possa operar.

Algumas delas trabalham com itens importados e outras basicamente encontram tudo o que precisam por aqui, então, tirando alguns problemas relacionados a legislação, podemos considerar nosso país como um lugar propício para o estabelecimento dessas indústrias.

Sabendo disso, devemos partir do princípio que o crescimento economico de uma país se dá a partir do índice do seu PIB (Produto Interno Bruto) que significa a soma de bens e serviços de uma determinada nação.

Se temos uma presença gigantesca de produtos industriais a nossa volta, podemos presumir que a participação industrial no valor do PIB é grande.

Também podemos ressaltar aqui, que em situações de aumento de produção industrial, também temos o crescimento geral dos salários dos funcionários do setor, logo, isso faz com que esses trabalhadores saiam para consumir, ou seja, gastar o dinheiro, o que impacta de forma positiva no setor de comércio. Um ciclo perfeito.

Em suma, podemos resumir o impacto da indústria na economia do país nos seguintes tópicos:

  • Geração de empregos;

  • Movimenta o consumo;

  • Setor onde ocorrem os melhores investimentos;

  • Alta contribuição para o PIB.

Ter uma malha industrial saudável é uma condição basilar para que um país seja devidamente desenvolvido. A partir dela que toda a economia é movimentada e empregos são gerados.

O Brasil se encontra numa boa situação em relação a indústria e tende a melhorar ainda mais, só necessita que os ajustes certos sejam feitos, que haja uma menor interferência governamental no setor para que assim se crie um ambiente convidativo para investimentos estrangeiros ou mesmo nacionais nesse âmbito.

A indústria, junto do agronegócio, são os pilares de nossa economia, com importância essencial para nosso constante crescimento e desenvolvimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *