Sistemas hidráulicos industriais e manutenção

A hidráulica é o ramo da ciência que estuda propriedades físicas de fluidos em estado líquido, estejam em repouso ou em movimento (confinados ou escoamentos, respectivamente).

Em outras palavras, a hidráulica é um tipo de tecnologia aplicada como meio de controlar, gerar e transmitir energia. Cada vez mais, sistemas hidráulicos são usados em diversos segmentos das engenharias em geral, desde pequenos processos até grandes maquinários da indústria.

Os sistemas hidráulicos demonstram enorme importância para o funcionamento das indústrias, onde são utilizados para controle, geração e transmissão de energia usando as propriedades de fluidos pressurizados em estado líquido.

No entanto, são sistemas de difícil entendimento e que necessitam, como qualquer outro, de manutenção e cuidados para o seu funcionamento ideal, sem riscos à segurança de todos os que estão envolvidos no trabalho hidráulico, aumentando a vida útil desses sistemas, promovendo uma economia em várias escalas de uso da hidráulica.

Constituintes de um sistema hidráulico

Basicamente, um sistema hidráulico conta com equipamentos que devem estar presentes em qualquer processo, como bomba hidraulica, válvulas ou reservatórios. Podemos lista-los aqui:

  • Óleo hidráulico;
  • Reservatório;
  • Bomba hidráulica;
  • Válvulas.

Outros mecanismos também estão presentes na ação de um sistema hidráulico, mas para começar a entender esses processos, simplifica-se começando a desvendar a ação desses componentes primordiais destacados acima.

O óleo hidráulico é o fluido presente que vai permitir a transmissão de força requerida do sistema, além de fazer a lubrificação interna dos mecanismos presentes na estrutura, evitando oxidações e desgastes de todo o processo, por isso, faz-se necessário prestar sempre atenção nos períodos da troca de oleo para manter sempre o funcionamento ideal do sistema.

Já o reservatório é responsável pelo armazenamento do fluído em estado líquido, é o reservatório também que contribui para a troca de calor no sistema, regulando a pressão e facilitando o escoamento do fluido por toda estrutura.

A bomba hidraulica pode ser dividida em categorias, dependendo das características especificadas de cada projeto, no entanto, o seu papel é produzir a pressão necessária para fazer com que o líquido percorra por todo o processo, a bomba é como um coração, que faz todo o sistema funcionar por todo e cada cilindro hidráulico.

Já as válvulas são parte do controle, ou seja, elas que vão controlar o fluxo e a pressão exercidas na estrutura.

Ligadas também à segurança, as válvulas são parte fundamental para manter o andamento desejado de todo o sistema, sem passar por riscos à proteção de quem estiver envolvido no processo.

Manutenção de sistemas hidráulicos

A manutenção dos sistemas hidráulicos passa por elementos filtrantes hidráulicos, os filtros que têm como primordial função manter o fluido do sistema em um nível de limpeza e pureza necessárias para manter o funcionamento ideal do sistema hidráulico.

Primeiramente, é preciso entender os dois tipos de manutenção.

A manutenção preventiva realizada, também, por exemplo, pelos filtros que procuram manter sempre o andamento melhor possível de todo o processo, identificando, analisando e reparando menores problemas para manter o bom do sistema hidráulico, a prevenção mantém a longevidade e entrega, evitando o desgaste das peças, aumentando a vida útil dos equipamentos.

Já a manutenção corretiva é aquela que, após detectar um erro no sistema, é preciso colocá-la em prática pra retomar o funcionamento da estrutura hidráulica.

Como mostrado anteriormente, os filtros desempenham um papel fundamental para manter a vida útil desses mecanismos.

A filtragem de óleo hidráulico, por exemplo, vai manter sujeiras e corpos estranhos da manutenção do sistema, a partir do momento que alguns materiais entram em contato com válvulas ou cilindros, o sistema perde eficácia e, consequentemente, perde longevidade, resultando em falhas e perda de recursos energéticos, financeiros e materiais.

Os filtros podem ser encarados como agentes mantenedores de desempenho do sistema, capturando contaminações que possam oferecer prejuízo às instalações hidráulicas.

Pensando assim, a hidráulica e seus sistemas operacionalizados por fluidos estão presentes nas nossas vidas, desde a indústria até ferramentas do dia a dia, como um macaco hidraulico, utilizado para suspensão de automóveis populares para a troca de um pneu ou manutenção de algum componente do carro.

Os sistemas, mesmo em menor escala, ocupam lugares fundamentais na sociedade, seja entregando possibilidades e alternativas à indústria ou promovendo a facilidade de ações cotidianas de cada cidadão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *