Você já conhece os serviços de manutenção na indústria?

Em meio a grande diversidade do setor industrial, é interessante se ater a importância que os serviços de manutenção possuem.

Afinal, assegurar as condições adequadas dos itens utilizados é fundamental para a qualidade dos serviços, assim como para a proteção dos colaboradores e melhora da produtividade.

A manutenção pode ser requisitada por diferentes motivos, como contaminação, envelhecimento, corrosão, falhas de funcionamento, entre outras. Além disso, há diferentes tipos de manutenção, que podem ou não ser planejadas, tais como:

  • Manutenção de parada;
  • Manutenção preventiva;
  • Manutenção corretiva;
  • Manutenção de quebra.

Das opções apresentadas acima, apenas a manutenção de quebra não conta como atividades planejadas.

Ela só é realizada quando as falhas afetam de forma significativa a produção. Já a manutenção de parada consiste em revisões e reparos de cada item em prol de um desempenho mais eficaz do equipamento.

A manutenção preventiva é o cuidado que recebe maior destaque, pois há programação de intervenções periódicas para que seja possível amenizar o desgaste, diferentemente da corretiva, que é aplicada para a correção de defeitos já apresentados nos equipamentos.

O que é hidrojateamento de alta pressão?

hidrojateamento de alta pressão corresponde ao uso de um jato de água em uma determinada superfície.

O mais interessante é que, embora seja um processo frequentemente empregado para manutenção, principalmente para desobstruir tubulações e efetuar a limpeza de máquinas, também pode ser aplicado em procedimentos prévios como para a restauração de fachadas e para a limpeza da superfície.

Por essa razão, em alguns casos é comum que a referência de lavadora alta pressão seja usada para abordar o hidrojateamento.

Nesse caso, é importante ter consciência das diversas possibilidades que esse serviço oferece.

De forma geral, o hidrojateamento opera por meio da água pressurizada, aplicada no jateamento na forma de neblina ou de lâmina.

Além da alta pressão, que corresponde entre 5.000 e 10.000 psi, também é possível que a água seja utilizada em baixa pressão até 5.000 psi e a ultra pressão, que é superior a 10.000, 36.000 psi, até pressões maiores – dependendo da aplicação.

Principais motivos para a manutenção do gerador de energia

gerador de energia está presente em diversos locais, afinal, trata-se de um tipo de um equipamento que apresenta solução para lidar com possíveis falhas ou dificuldade no acesso da energia elétrica.

É possível encontrar modelos variados no mercado, que normalmente são divididos pela forma que produzem energia ou pelo tipo de alimentação que exigem.

Os modelos mecânicos são os mais comuns, que podem atuar por meio de combustíveis fósseis ou orgânicos, além de também empregar fluidos aquecidos.

Também há os geradores químicos, que efetuam a conversão da energia criada em reações químicas em energia elétrica e o luminoso, que captam a irradiação solar e, nesse caso, é convertida em energia elétrica própria para uso.

Os mais aplicados no meio industrial são os geradores mecânicos, que consistem em equipamentos robustos e eficientes, propícios para atender as demandas exigidas.

Assim como qualquer equipamento, é essencial que passem por manutenção, tanto por questões de segurança, quanto para garantir o bom funcionamento.

É importante citar que as principais razões para a contratação do conserto de geradores a gasolina, tem relação com falhas na partida, que podem ocorrer principalmente pelo vazamento em mangueiras e bombeamento de tanques remotos.

Além disso, o desarme de disjuntores sem motivo aparente também deve ser verificado. Isso, normalmente, indica que o esquipamento pode apresentar algum problema na estrutura essencial para o correto funcionamento do gerador.

Aspectos sobre a instalação de máquinas e equipamentos industriai

Quando se fala do serviço de instalação de máquinas e equipamentos industriais, a exigência de ter um profissional responsável pelos processos realizados deve ser ressalta. Isso devido à todos os fatores de risco que estão envolvidos neste cenário.

É preciso que o circuito elétrico seja avaliado para atestar sua capacidade de suporte referente às exigências apresentadas pelos equipamentos e máquinas.

Além disso, é fundamental que o processo de instalação seja feito de forma adequada para garantir seu correto funcionamento e a proteção para os operadores.

Por mais que a manutenção e os procedimentos de instalação possam apresentar suas particularidades, a necessidade de buscar profissionais especializados em ambos os casos é indiscutível, principalmente para efetuar a escolha correta do processo a ser empregado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *