Saiba mais sobre cabos e conectores

O conhecimento científico, junto à produção industrial, desencadeou o que chamamos de a terceira Revolução Industrial, quando máquinas começaram a fazer o serviço que, até então, só era feito por humanos.

A combinação dos processos mecânicos, junto à tecnologia da informação, justaposto à indústria, transformou os modelos da produção industrial.

Consequentemente o software, o hardware e o cabeamento estruturado, vêm se adaptando a esta evolução tecnológica. Os transmissores de sinais analógicos, também sofreram grandes mudanças para poderem transportar sinais digitais de alta frequência.

Conheça alguns modelos de cabos e conectores

Assim como o cabo coaxial, o cabo trançado também sofreu evoluções. Inicialmente, era muito utilizado em rede de telefonia, hoje o cabo trançado é usado em praticamente todos os componentes elétricos.

Nota-se essa evolução ao compararmos o cabo coaxial, que era um dos cabos mais usados na transmissão de bits, aos cabos atuais.

Há uma notável diferença nas transmissões de dados como, por exemplo, o conector cat6, que é usado em Data Centers e sistemas de transmissão críticas.

Além da segurança na transmissão de dados e seu sinal digital, poderem chegar a impressionantes 10 Gigabytes. Há uma imensa lista de cabos que transportam.

Conectam e alimentam as máquinas das indústrias, desde um simples cabo USB aos modernos cabos de dados Ópticos, conheça alguns deles:

Coaxial

Seu papel em um circuito, é transmitir sinais analógicos de baixa frequência. Foi o pioneiro a ter utilidade na transmissão de dados e a estar disponível no mercado.

Foi muito usado até pouco tempo atrás, embora sua função ainda seja a mesma. É composto por um fio condutor de cobre no seu núcleo.

Envolvido em um material condutor, de forma cilíndrica e revestido por um material isolante. O cabo coaxial possui dois tipos: fino e grosso.

O baixo nível de segurança e a baixa distância, limitada por metro quadrado, do sinal analógico, fez com que fosse substituído, pela indústria, pelas redes de transmissão de alta frequência.

Par Trançado

O cabo trançado, além da velocidade em dados de alta frequência, oferece extrema facilidade na manutenção. É composto de um par de fios de cobre ou aço revestido e é envolvido por película isolante.

Entrelaçando uns aos outros, para diminuir a interferência dos cabos adjacentes. Utiliza-se a conexão RJ-45. Os Pares Trançado,s podem compor um circuito analógico ou digital.

Mas, necessitará de repetidores e amplificadores à determinadas distâncias, o conectando em sua extensão, para que haja o tráfego de dados. Os pares trançados podem ser divididos em 2 tipos:

  • Cabo UTP sem blindagem (Unshielded Twisted Pair): É o mais utilizado em circuito de rede de dados, tanto em indústrias como em conexões residenciais. Esse tipo de cabo pode chegar a 100 Mbps, com cabos categoria 5 e é composto por quatro pares de fios;
  • Cabo UTP com blindagem (Shielded Twisted Pair): Ele é semelhante ao cabo Trançado UTP sem blindagem, a única diferença é a camada blindada de alumínio para evitar interferências eletromagnéticas.

Saiba quais outros itens podem otimizar o uso dos cabos

Um circuito de tráfego de dados, não utiliza apenas cabos em sua conexão. Em um determinado momento, será necessária a instalação de conectores.

A fim de adicionar mais um elemento ao circuito elétrico, sem haver a necessidade de uma reestruturação em toda a extensão do cabeamento.

Como por exemplo, o cabo y que transforma uma entrada RCA fêmea em duas. Estamos vivendo hoje, a era da informação.

Onde uma empresa só existe se estiver online e para essa grande necessidade das empresas de estarem vivas, é preciso a fibra ótica.

Fibra Ótica

É o cabo mais moderno na transferência de dados, é composto por um fio de vidro (dielétrico), formada por duas estruturas fundamentais.

O núcleo, por onde saem os pulsos de luz e o material isolante, que mantém a luz confinada. O tráfego de dados da fibra ótica, é feito através de pulsos luminosos.

O material isolante permite que o filamento do cabo reflita a luz estendendo esse processo de refração durante toda sua extensão.

É necessário, tanto transmissor quanto receptor, para a decodificação do pulso eletrônico em pulsação elétrica, isso faz com que a ótica tenha uma grande capacidade de transmitir informação, em termos de largura de banda.

O valor de um cabo de fibra ótica não é tão elevado, porém o preço dos conectores e da mão de obra é alto. Para sua manutenção, é necessário equipamentos especiais, como microscópios e medidor de energia digital.

2 thoughts on “Saiba mais sobre cabos e conectores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *