Saiba a finalidade da válvula solenoide

No setor industrial, existem inúmeros equipamentos e peças que, indiretamente, fazem parte do processo de produção de alimentos, máquinas, aparelhos eletrodomésticos e demais materiais presentes no mercado. A válvula solenoide é uma delas.

Por conta disso, preparamos um conteúdo exclusivo com tudo o que você precisa saber sobre peça, bem como sua finalidade. Continue com a leitura a partir do próximo tópico.

Peça importantíssima no controle de fluidos

O sistema solenoide é basicamente uma espécie de eletroímã constituído por meio de um fio de cobre isolado diretamente por bobina. Por outro lado, a válvula que conta com esse sistema é um dispositivo projetado e operado eletronicamente, podendo ser usado em diferentes aplicações, como o controle de fluidos.

Neste sentido, o equipamento é utilizado principalmente para controlar o fluxo de líquidos ou gases no setor industrial. A válvula é usada para substituir um modelo manual em aplicações onde o controle remoto é desejável.

Sendo assim, a válvula solenoide para água ou gases é controlada diretamente pela corrente de eletricidade que é expandida por meio de uma bobina, que é energizada e cria um campo magnético.

O campo magnético faz com que um êmbolo dentro da bobina seja movido e enquanto energizado. Com isso, a lacuna do corpo é fechada, inviabilizando o fluxo hídrico por meio da válvula.

Da maneira contrária, quando a bobina perde a energia, o campo magnético é produzido, elevando o êmbolo e viabilizando a corrente hídrica por meio do sistema solenoide.

Conjunto solenoide

O conjunto de solenoide é formado por uma bobina, êmbolo e manga. A função principal do equipamento é semelhante a uma válvula de corte, operada de maneira manual. Porém, por ser solenoide, pode ser posicionada em lugares mais remotos, devendo ser controlada por interruptores elétricos.

A peça pode usar vedantes metálicos ou selos emborrachados, e também deve ter interfaces elétricas para viabilizar o controle simples. Uma mola pode ser usada para segurar a válvula que está aberta ou fechada, uma vez que a válvula não está ativa.

Confira as partes que fazem parte da válvula:

  • Entrada;

  • Diafragma;

  • Câmara de pressão;

  • Passagem de alívio de pressão;

  • Solenoide eletromecânico;

  • Lado de saída.

Aplicação da válvula solenoide

Antes de tudo, cabe destacar que as válvulas pneumáticas também são consideradas solenoides e vice e versa, pois operam com pressões altas ou baixas, a depender da qualidade do equipamento.

As tarefas da válvula são desligar, liberar, administrar, distribuir e misturar fluidos aquosos. Neste contexto, os solenoides oferecem troca rápida e ao mesmo tempo segura, alta confiabilidade, longa durabilidade, boa compatibilidade média dos materiais usados, baixa potência de controle e design funcional.

Em suma, a válvula pneumática é usada em sistemas hidráulicos, para o controle de cilindros, motores de fluidos ou válvulas industriais mais robustas. Ainda assim, os sistemas de irrigação automática também fazem uso das válvulas solenoides, por meio de um controlador automático.

Além disso, máquinas de lavar domésticas, máquinas de lavar louça e todo tipo de equipamento que tenha um controlador de água, usam as válvulas para manter a quantidade de água correta.

Como funciona válvula solenoide?

Não é difícil de imaginar como uma válvula funciona, pois a peça tem como intuito o controle de fluidos. No entanto, existem válvulas com duas, três e mais vias.

Neste caso, o funcionamento é meio complexo, tendo em vista que uma válvula de duas vias, por exemplo, conta com 2 portas. Com isso, se a válvula estiver aberta, as duas portas ficam conectadas e o fluido pode fluir entre elas.

Se a válvula estiver aberta quando o solenoide não estiver energizado, portanto, a válvula é denominada como fechada. Da mesma maneira, se a válvula estiver fechada quando o solenoide não estiver energizado, assim, a válvula é normalmente fechada.

Como o solenoide atua

Em linhas gerais, o solenoide atua na válvula principal de um determinado maquinário. Em outros casos, as válvulas são usadas para atuar em uma válvula maior, normalmente a pneumática.

Entretanto, na hora da venda, essas duas válvulas são comercializadas como uma só, pois trabalham no mesmo ritmo e atividade de atuação.

O consumo de energia elétrica e os requisitos de fornecimento do solenoide podem variar de acordo com a aplicação da peça, especialmente quando o assunto é pressão do fluido a ser transportado e pelo diâmetro do local.

Ainda assim, nenhuma válvula apresenta uma pressão mínima necessária para permanecer completamente fechada no estado não alimentado.

Portanto, isso foi tudo sobre a finalidade da válvula solenoide, equipamento fundamental no controle de fluidos no âmbito industrial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *