Quais os cuidados necessários em válvulas?

Os componentes de um espaço industrial são pensados e instalados para a geração de segurança máxima levando em conta também os critérios para a produtividade, de forma que é necessário se atentar a esse aspecto.

A partir da qualidade de itens que fazem parte dos sistemas hidráulicos, por exemplo, é possível obter mais eficiência na produção e maior bem-estar dentro das fábricas e indústrias. Isso porque a utilização de utensílios de alto desempenho gera resultado igualmente satisfatórios.

No artigo a seguir, conheça as válvulas, que são ideais para uma série de operações dentro de diferentes segmentos da indústria, e saiba mais detalhes sobre esses componentes essenciais. Confira:

  • Válvulas agulha;
  • Válvulas gaveta;
  • Válvulas de retenção;
  • Válvulas termostáticas.

Válvulas agulha

A Válvula agulha é usada, especialmente, para ajustar a regulagem fina dentro de um sistema a vácuo, de modo que seu mecanismo pode gerar vibrações em taxas de fluxo mais elevadas com relação à linha de vapor, de óleo ou mesmo de outros fluidos.

No geral, esse tipo de componente é adotado para que os fechamentos sejam feitos manualmente e tem uma eficiência acima da média quando estamos falando de alta pressão.

A maior diferenciação dessas válvulas para os demais tipos existentes atualmente no mercado é a cunha do fechamento, que, em vez de um disco, conta com um plug ou uma agulha de comprimento maior do que o diâmetro.

A agulha fica armazenada em um anel dentro da própria válvula enquanto ela está fechada. De acordo com que ela é aberta, porém, a agulha se separa a abre um caminho anular ao redor do componente.

A intensidade do ângulo da agulha determina o nível de ajuste a ser dado e realiza a associação entre o diâmetro e o comprimento. Desse modo, temos que quanto maior for o comprimento, mais elevado será o nível de regulagem das válvulas agulha.

Para identificar qual o seu ponto de melhor funcionamento, basta abri-las completamente e fechar aos poucos, percebendo o comportamento do ponteiro e aguardando até que ele esteja estável.

Válvulas gaveta

Seja em tubulações, em caldeiras ou em demais estruturas e demandas que fazem parte do cotidiano industrial, os variados tipos de válvula são indispensáveis. Cada modelo, no entanto, apresenta um comportamento específico, de modo a atender diferentes necessidades.

A chamada Válvula gaveta, por exemplo, pode ser aplicada em muitos tipos de ocasião, mas sempre com o desempenho de deslizar seu disco por dentro do fluxo em questão, que contém o fluido utilizado.

O seu nome, inclusive, surgiu desse processo: como uma gaveta que se abre e se fecha, o disco dessas válvulas adentra bem no fundo, bloqueia, retira-se do fluxo e, por fim, permite que a fluidez aconteça.

Ela vale, portanto, como uma válvula de bloqueio, ficando sempre aberta ou fechada quando estamos falando de sistemas de água ou outro líquido bruto.

Muitas pessoas têm dúvidas sobre a perda de carga decorrente de deixar essas válvulas totalmente abertas, mas vale lembrar que essa perda é muito pequena quando em comparação ao que acontece ao deixar apenas uma parte aberta, o que pode ocasionar uma perda ainda maior de carga.

Válvulas termostáticas

Já a valvula termostatica possui um mecanismo especial, pois seu fluxo é regulado por meio da temperatura ou de modo eletrônico. Assim que o fluido chega a determinada temperatura, portanto, há o acionamento da liberação de seu fluxo, que inicia uma troca térmica com o motor e evita, por meio desse processo, seu superaquecimento.

No entanto, essas válvulas merecem destaque por conta de seu desempenho na hora de evitar a super refrigeração, que também é extremamente prejudicial para a eficiência dentro de ambientes industriais e fábricas.

Válvulas de retenção

Um componente fundamental para o controle de fluxos em diversas operações que são realizadas todos os dias nos mais variados segmentos da indústria, a valvula de retenção permite que o ar ou o líquido em questão fluam em uma direção única.

Essas válvulas podem ser sem retorno ou de sentido único, e ainda podem variar de acordo com o tamanho dos modelos existentes para aplicação industrial. O principal objetivo de seu uso é evitar o retorno de substâncias que podem ser dispendiosas ou, até mesmo, colocar as operações em risco.

Cuidados importantes

Uma das principais dicas quando estamos falando de válvulas e realizar a supervisão de seu funcionamento, levando em conta necessidades de reparos, manutenções e, até mesmo, substituições.

Além disso, a Calibração de válvulas, assegurando a precisão de seu funcionamento, é essencial para a obtenção de resultados mais ágeis, completos e de qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *