Projetos industriais acompanham normas regulamentadoras

O ambiente industrial é formado por diversos setores que se comunicam entre si, de alguma maneira. Do início dos processos de fabricação de bens de consumo até a distribuição para o mercado consumidor, são muitas etapas que dependem de vários profissionais, máquinas e ferramentas.

A partir de um planejamento produtivo, os processos industriais são controlados sob a responsabilidade de equipes que atuam operando os mais diversos equipamentos.

A linha de produção segue as etapas conforme o atendimento ao mercado consumidor, observando:

  • Quantidade a se produzir;
  • Qualidade dos produtos;
  • Ordem de produção;
  • Tempo de fabricação.

Para que esses processos ocorram de maneira adequada, a montagem industrial deve atender a normas regulamentadoras de segurança e de produção otimizada.

Dessa forma é possível manter o planejamento, toda a programação desenvolvida e o controle de tarefas e estoque para atender o competitivo mercado com toda a qualidade almejada.

Ambientação eficiente para recepção e distribuição

Desde o momento que as fábricas e indústrias recebem a matéria-prima para transformação em um bem de consumo, as empresas se responsabilizam na disponibilidade de um ambiente seguro e eficiente para os trabalhadores e demais colaboradores.

A programação segue procedimentos que atuam em várias frentes, como melhor aproveitamento de recursos e o tempo de produção, desde o início.

Em outro extremo é preciso planejar o prazo para a entrega dos produtos, contanto toda a execução dos trabalhos a partir da chegada da matéria-prima e das tarefas realizadas pelos trabalhadores.

Por isso, o ambiente deve ser projetado para atender todas as demandas necessárias para instalação de máquinas e ferramentas.

Um galpão com estrutura metálica em sua composição faz parte do cenário, pois o material é resistente e pode ser construído atendendo às normas específicas da arquitetura voltada para esse setor.

A iluminação está presente por todas as áreas, com aproveitamento da luz natural na medida do possível, mas com circuitos internos de energia elétrica para a instalação de lâmpadas, tomadas e interruptores em áreas reservadas.

A climatização de um ambiente industrial precisa garantir a qualidade de vida e a saúde dos funcionários. Portanto, a instalação de exaustores industriais é imprescindível e motivo de conforto para todos que estão trabalhando em uma linha de produção de uma empresa.

A montagem industrial prevê a presença dos exaustores para a circulação de ar e a remoção de cheiros e odores. Isso mantém o ar em condições ideais para uma respiração que não prejudica a saúde dos operários durante o período de trabalho.

Energia elétrica com reforço específico

As concessionárias fornecem energia elétrica para as indústrias de acordo com a necessidade de capacidade para funcionamento pleno de máquinas de variados tamanhos. Essa instalação se dá até a entrada de um poste. Na área interna, a responsabilidade é da empresa.

Por isso, é necessário a contratação de uma empresa que desenvolva um projeto eletrico eficiente para uma distribuição correta por toda a área industrial.

Muitas máquinas precisam de altas cargas de energia, demandando até mesmo que as instalações sejam trifásicas, para garantir a segurança estrutural e o fornecimento de maneira adequada.

A produção não pode parar nunca, atendendo ao planejamento estratégico adotado desde o princípio para as linhas de produção.

Por isso, os projetos englobam um elemento de segurança que pode ser acessado caso ocorra a queda de energia por parte das concessionárias.

O emprego de um grupo gerador estacionário garante a eletricidade em caso de queda de energia por parte da concessionária.

Esses equipamentos são variados, com capacidades distintas e equipados com componentes e motores movidos a biogás, diesel ou gás natural.

Órgãos fiscalizadores são exigentes e atuantes

Para garantir a segurança patrimonial e dos funcionários que atuam dentro do ambiente industrial, os projetos precisam receber aprovação de órgãos fiscalizadores e entidades de classe.

Apenas com a emissão do laudo de conformidade nr10 a energia elétrica está de acordo com as propostas de funcionamento adequado.

Com isso os operadores têm a garantia de que os equipamentos estão funcionando de acordo com as normas regulamentadoras, por exemplo, da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Além de laudos e normas pontuais, para garantir um ambiente de trabalho apropriado, é preciso identificar se tudo está dentro de especificações de qualificação de instalação operação e performance dentro de um ambiente industrial.

Há diferenças significativas quando falamos sobre isso. São etapas distintas que precisam de aprovação conforme os critérios técnicos de cada setor, com informações apropriadas e apresentadas em um relatório final.

São cuidados que promovem a eficiência e organização no ambiente industrial, com um controle preciso e necessário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *