Processos industriais e suas características

As fábricas são importantes elementos para o nosso cotidiano, afinal, são elas as responsáveis pela produção dos produtos que usamos, que vão desde a nossa alimentação, passando pela nossa higiene pessoal e produtos eletrônicos com celulares e computadores.

Por conta de estar presente em muitos aspectos a fábrica tem uma série de elementos que permitem seu bom funcionamento, como resistencia aletada, esteiras de transporte, sistemas de automação residencial e de controle de gestão.

Tudo isso é fundamental para que uma fábrica possa atender os pedidos de forma mais adequada e com mais qualidade. Portanto, é necessário entender como que tudo isto funciona.

Neste artigo falaremos sobre alguns elementos que compõe uma indústria. Não conseguiremos falar de todos, pois se trata de muitas máquinas, equipamentos e metodologias.

Aqui, abordaremos algumas principais como os processos de usinagem, que consistem na moldagem de chapa de aço ASTM A36 para produção de peças e ferramentas, e algumas máquinas usadas no transporte e em outros sistemas fabris.

Entendendo a usinagem

O processo de usinagem pode ser entendido como um conjunto de ações que visam o desgaste de determinada peça metálica, para a produção de peças e ferramentas diversas.

Essa moldagem é feita por meio das chamadas máquinas-ferramentas como o torno mecânico e a fresadora, e existem muitos tipos de metodologias de usinagem a saber:

  • Torneamento;
  • Fresamento;
  • Aplainamento;
  • Brochamento.

Alguns processos são chamados de caldeiraria e consistem em um processo mais bem trabalhado e acabado. São feitos por empresa de caldeiraria industrial.

Falaremos abaixo sobre um dos processos mais feitos dentro da indústria que é o de torneamento.

O torneamento

O torneamento é um processo de um usinagem que tem como objetivo fabricar de forma precisa e adequada. A ferramenta tem um deslocamento linear enquanto a peça tem um movimento rotacional.

O centro de torneamento de uma indústria consiste em um torno automatizado, ou seja, comandado por um CNC – Comando Numérico Computadorizado.

Para que o CNC funcione é preciso contar com sensores como o pt100 termopar para que tudo funcione de forma adequada e correta.

Os equipamentos das fábricas

O investimento em equipamentos na fábrica é de fundamental importância para que a produção seja qualificada e eficiente.

Quanto mais ferramentas e máquinas uma indústria tem, e claro, máquinas que sejam adequados para o setor, mais qualidade e produtividade irá ser produzida.

Os equipamentos e máquinas que falamos muitas vezes não estão atrelados a fabricação de forma direta, ao contrário, são equipamentos que permitem que serviços secundários e básicos sejam feitos com maior qualidade como as empilhadeiras que possuem motor de empilhadeira elétrica preço.

Abaixo falaremos sobre alguns equipamentos usados em alguns serviços da fábrica.

1. Transporte

O transporte de mercadorias é um ponto muito importante para o desenvolvimento das fábricas, já que permite que a matéria-prima chegue aos depósitos e depois seja transferida de forma adequada e segura para a linha de produção.

Para fazer isso podemos tratar do transporte externo e do transporte interno. Com transporte externo falamos de quando a mercadoria chega até a fábrica e precisa ser descarregada e organizada, para que isso seja feito é preciso usar as escavadeiras.

As escavadeiras ajudam no descarregamento de materiais e carregamento de outros transportes e dão mais organização ao espaço da fábrica.

Em alguns casos as indústrias também possuem braço guindaste, que permite a movimentação de cargas em desníveis da fábrica.

Já dentro da fábrica e para a movimentação das cargas pequenas são usadas as empilhadeiras. Essas empilhadeiras trazem mais versatilidade e flexibilidade para o transporte dentro das fábricas, principalmente, para a movimentação de cargas finais.

2. Compressores

Os compressores são importantes para a produção de ar comprimido sejam em sistemas a vácuo ou sistemas de refrigeração. Os compressores atuam redirecionando o fluxo de ar permitindo que os processos tenham pressão e vazão adequadas.

Existem muitos tipos de compressores de ar, os que são movidos por pistões, que permitem que o ar seja armazenado e tenha grande pressão, até aqueles que permitem que o ar seja comprimido por meio da energia cinética, fazendo com que a velocidade destes sejam dinâmicas.

Portanto, uma fábrica possui inúmeros componentes, e precisam de metodologias de manutenção e reforma para garantir que tudo se adeque, como a reforma de chiller. Levando em consideração todos esses pontos é possível ter uma indústria forte e com alta produtividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *