Conheça as peças produzidas com um torno mecânico

A criação, o torneamento e o acabamento de inúmeras peças são realizados por uma máquina/ferramenta que leva o nome de torno mecanico.

Resulta da combinação de uma caixa elétrica com um cabeçote onde são acoplados elementos cortantes em aço, como fresas e serras, por exemplo, e, como dito, é bastante utilizada em processos de usinagem, isto é, de talhe e molde de peças brutas.

Como escolher o torno correto?

Os tornos estão disponíveis em diferentes modelos. Ele pode servir a um CNC (Controle Numérico

Computadorizado) – fazendo peças em larga escala a partir da transferência de um programa de Desenho Assistido por Computador à máquina do torno.

  • Pode ser um torno vertical – ideal para o trabalho com peças que apresentam um diâmetro elevado, pode ser um torno horizontal universal – trabalhando com peças compridas ou de pequeno diâmetro;
  • Pode ser um modelo revólver – fabricando peças pequenas em série por meio de um cabeçote móvel ou também pode ser um torno platô – que, ao contrário do horizontal universal, é responsável pela usinagem de peças curtas e de diâmetro grande.

Diante dessas informações, fica claro que a escolha de um torno deve ser baseada na exigência de precisão, na qualidade do acabamento, na quantidade de peças, do número que se pretende produzir e o formato das peças a serem usinadas.

Qual o processo para a utilização desta máquinas?

Pelo fato de operar com ferramentas cortantes ou de desbaste, é fundamental que seu uso seja realizado com equipamentos pessoais de segurança, independentemente do modelo.

Ainda, não se deve utilizar acessórios, luvas ou roupas largas e de manga cumprida durante seu manuseio.

Além disso, sua operação deve ser realizada por profissionais capacitados, para que as chances de ocorrência de acidentes sejam reduzidas.

Os mini tornos são alternativas que podem adotadas por amadores que desejam realizar serviços de polimento, acabamento ou talhe de peças.

O acabamento dado às peças, também chamado de torneamento, pode ocorrer com o torno parado enquanto há a rotação das peças ou por meio do avanço e da rotação da máquina na peça inerte.

Como as ferramentas de corte são de aço, podem tornear elementos em madeira e plástico, por exemplo, e quando são utilizadas para o talhe de peças de mesmo material, as ferramentas devem ter uma dureza maior do que a das peças.

Ademais, ao torno podem atribuídas tarefas como o enrolamento de molas, a aplicação de furos, o alargamento de peças, a recartilhagem, entre outras.

Você pode encontrar um Torno mecanico a venda lojas de equipamentos automotivos e de mecânica ou mesmo em lojas de departamento.

Os preços variarão dependendo do modelo e do tamanho escolhidos, e com a grande oferta de marcas no mercado, recomenda-se que seja feita uma comparação de valores e marcas.

Os tornos mecânicos podem ser utilizados para a confecção de diversas peças. Conheça agora algumas delas:

1. Parafuso

Peça de fixação não permanente entre uma peça e uma estrutura ou entre duas peças. É o que utilizamos para colocar um quadro em uma parede, por exemplo;

2. Porca

A porca é outro elemento de fixação com um furo roscado, que é associado ou a um parafuso ou a fusos. São variados os tipos de porca, podendo ser quadradas, borboleta, sextavadas, travantes, duplas, entre outros tipos. É muito comum o emprego de porca gaiola para rack, por exemplo, pelo fato de a porca ser quadrada em geral. Recebe esse nome por estar revestida por uma espécie de gaiola de metal;

3. Rosca

Parte integrante do parafuso ou da porca e responsável pelo encaixe de materiais;

4. Polia

Uma polia se constitui em uma roda de material rija, cujo funcionamento está associado a uma corda, correia ou corrente de metal e que tem como função transmitir movimento e energia a outro objeto por meio de seu giro em torno de um eixo. Os elevadores se movimentam por meio de um sistema de polias;

5. Válvula

Dispositivo posicionado em tubulações com o intuito de interferir na circulação de matéria por meio de uma peça com mobilidade. Uma muito conhecida e utilizada no cotidiano é a válvula das panelas de pressão, que controlam a circulação de vapor de dentro para fora do recipiente;

6. Engrenagem

Uma engrenagem faz parte de um conjunto de peças dentadas que giram e cujos dentes se encaixam nos espaços dos dentes umas das outras. O conjunto é destinado à transmissão de movimento e de energia a outras áreas ou peças. As rodas de bicicleta contam com engrenagens;

7. Pino guia

O pino guia é um pino cuja função é guiar o movimento de uma peça ou máquina, além de garantir que os elementos estejam sempre na mesma posição. Pode ser empregado em polias e engrenagens, por exemplo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *