Os sistemas hidráulicos industriais: seus principais aspectos

O sistema hidráulico é altamente importante para o desenvolvimento dos processos industriais, principalmente, os de operação e produção. De maneira geral, este tipo de sistema usa os fluidos sob pressão para fornecer energia a máquinas e ferramentas.

Além disso, o sistema hidráulico também está presente nos tratamentos de água, principalmente, com o uso de filtros e produtos químicos, para que os efluentes possam ser aproveitados e até mesmo reutilizados em processos diferentes.

Neste artigo abordaremos os sistemas hidráulicos e seus componentes como os tubos e conexões, as válvulas e as bombas, para entendermos a importância desse sistema para a indústria como um todo.

O que compõe um sistema hidráulico

Um sistema hidráulico é composto por uma série de elementos que quando unidos sob um projeto traz resultados incríveis para o sistema. Abaixo, falaremos sobre alguns dos componentes utilizados, como:

  • Motor;
  • Reservatório;
  • Bomba;
  • Válvulas de controle;
  • Potências.

O motor são aqueles que estão nas bombas hidráulicas e usadas nas conexões hidráulicas para alta pressão. Já o reservatórios são equipamentos de armazenamento dos fluidos e permitem que os fluidos sejam retirados desse ambiente para outros.

As bombas hidráulicas por sua vez por meio de um processo de energia mecânica, transforma em energia hidráulica, fazendo com que o fluido hidráulico seja levado para todo o sistema.

As válvulas são de diversos processos, como as de controladoras de pressão e de controle direcional. Também é possível encontrar válvula transferidora de pressão, que retira a pressão de determinada parte do sistema e coloca em outro local.

O atuador convertem os fluidos transmitidos em energias mecânicas para que determinadas cargas sejam movidas. É possível encontrar esse tipo de atuador com modelos de cilindro linear e com motor hidráulico.

No tópico abaixo falaremos sobre alguns tipos de bombas hidráulicas que são encontradas na indústria.

As bombas hidráulicas nas indústrias

As bombas hidráulicas também conhecidas como bombas industriais são usadas para a realização de muitos processos como o de movimento de fluidos e transferência de fluidos gasosos e de pequenos sólidos.

Elas operam por meio de motores ou de turbinas que transformam o trabalho mecânico em energia que ajuda no deslocamento dos fluidos.

Cada tipo de bomba possui uma especificidade, e inclusive, são usados com conjunto de válvulas diferenciadas, que vão de registro de globo aberto, solenoides, entre outros.

1. As bombas de engrenagem

A primeira das bombas que entenderemos são as bombas de engrenagem, que são as mais versáteis, sendo empregados em um grande conjunto de setores industriais, como petroquímico, siderúrgico, alimentício, entre outros.

2. Bombas centrífugas

As bombas centrífugas são muito usadas para transferências de água e também para fluidos pouco agressivos. A grande vantagem do uso dessas bombas são a transferência de altos volumes de fluidos.

3. Bombas pneumáticas

As bombas pneumáticas são usadas para a operação dos fluidos de difícil bombeamento, podendo ser até mesmo aplicados em processos sanitários esse tipo de bomba atua sobre fluidos de baixa, média e de alta viscosidade e também substâncias sólidas.

No tópico abaixo veremos alguns modelos de válvulas que são muito importantes para todo o sistema hidráulico industrial.

Os tipos de válvula na indústria

Para que os fluidos sejam adequados e também controlados os sistemas hidráulicos contam com um equipamento conhecido como válvula.

O controle da pressão do sistema hidráulico é muito importante para o sistema, e possuem muitos tipos, como a válvula solenoide thermoval, hidráulicas, pneumáticas, além de ajudar nas mudanças de temperatura e monitoramento de mudanças.

Abaixo falaremos sobre alguns tipos de válvulas presentes nestes tipos de sistemas.

1. Válvulas gavetas

Esse tipo de válvula são uma das mais usadas no mercado, e elas são compostas de uma “porta” que fica em sentido contrário ao fluido, permitindo que seja ou aberta ou fechada.

Portanto, podem ser controladas por volante manual, motor elétrico ou atuador pneumático.

2. Válvula globo

As válvulas globos são usadas para o regulamento do fluxo nas tubulações, principalmente, ao contrário da função de abrir e fechar das válvulas gavetas. Assim, são muito especiais, pois podem ser usados em acionamentos angulares em diferentes sistemas.

Além desses dois tipos de válvulas, nos sistemas existem as válvulas borboletas, válvulas de retenção, válvulas de alívio e válvulas guilhotinas.

Assim, os sistemas hidráulicos são composto por inúmeros componentes que quando unidos permitem que as máquinas, ferramentas e processos sejam eficientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *