O uso das motobombas na indústria

A dinâmica de uma indústria exige uma alta quantidade de equipamentos e pessoas qualificadas. A produção é feita de modo bastante acelerado, exigindo velocidade, dedicação e um maquinário potente e eficiente.

Alguns dispositivos elétricos e hidráulicos são necessários para o funcionamento da indústria. Nesse artigo, falaremos de tipos de equipamentos essenciais, bem como o funcionamento deles para a atividade industrial.

Motobombas para transferência de líquidos

Para começar, vamos falar sobre um item importante para o abastecimento de água, tanto das indústrias quanto dos comércios, agricultura e residências.

As motobombas são aparelhos que ajudam na transferências de líquidos. Existem alguns tipos de motobombas, sendo todas semelhantes, mas funcionando de forma particular. Os tipos de motobombas são:

  • Motobomba Autoaspirante;
  • Motobomba Injetora;
  • Multi-estágio;
  • Química;
  • Submersível.

Falaremos de dois tipos de motobombas da lista acima. Começando com a motobomba Schneider, que é uma bomba autoaspirante, excelente para fazer transporte de pequenas ou grandes quantidades de água.

Ela é capaz de aspirar a água para o seu compartimento, eliminando alguns processos de outros tipos de bombas. Além disso, ela tem a capacidade de levar essa água que sofre constante pressão dentro da máquina até o local desejado.

Nas indústrias elas são muito utilizadas para o abastecimento de água potável e também para manter as máquinas pressurizadas.

Há outros tipos de motobombas capazes de exercer função semelhante, mas cada uma com a sua especificidade, por exemplo as bombas centrífugas.

Diferentemente da bomba autoaspirante, que não precisa de uma válvula de retenção para funcionar da maneira adequada, a bomba centrífuga consegue, por conta da utilização de válvulas protetoras, fazer esse trabalho de transporte e distribuição de água para os canais indicados.

Esse tipo de bomba utiliza a força centrífuga para pressionar os líquidos que são colocados dentro dela, movimentando de baixo para cima e elevando o líquido, por isso recebe esse nome.

Essas máquinas são bastante utilizadas em diversos setores com diferentes finalidades, como o abastecimento de água para a população, trabalho de irrigação em gramados ou para a agricultura e, também, para o bombeamento da água em piscinas.

Há vários modelos de bomba dagua centrifuga no mercado. De acordo com a sua capacidade, elas variam os preços e suas potências.

Por exemplo, temos a bomba centrifuga 1cv e a bomba centrifuga 3cv, sendo CV a unidade de “cavalo vapor”, medida utilizada para mensurar a potência do motor dessas bombas. Quanto maior o CV, maior a potência, sendo assim, por consequência, maior o preço de mercado também.

Controle das altas tensões energéticas

A utilização das máquinas industriais depende muito do trabalho energético proporcionado. Esses equipamentos necessitam de correntes elétricas para serem ligados e funcionarem com toda sua potência.

Um aparato recorrente nas máquinas são os motores elétricos trifásicos, que são os encarregados de transformar a energia elétrica recebida em energia mecânica.

Por conta da alta carga elétrica injetada nesses motores, é necessário fazer o controle da pressão e da carga energética recebida pelo motor.

Por isso, é importante pesquisar pelo inversor de frequência preço. Esse dispositivo, como o próprio nome já diz, age fazendo a inversão das frequências recebidas pelos motores conectados diretamente à energia.

Alterando a velocidade do mecanismo, ele garante um sustento maior para o motor, pois evita que ele receba altas cargas constantes. É um equipamento excelente, pois tem um ótimo custo-benefício e ajuda na durabilidade e eficiência do uso do motor.

A proteção dos trabalhadores é essencial

Por conta dessa alta pressão nos equipamentos industriais, seja ela na parte elétrica ou na parte hidráulica, é primordial que as indústrias disponham de aparatos que ajudem na proteção dos maquinários e, também, dos trabalhadores.

Por ser um ambiente em que se trabalha com equipamentos pesados, compostos químicos, gases, entre outros elementos que podem ser prejudiciais à saúde de quem trabalha nesses locais.

Por isso, todo o cuidado é necessário. A proteção deve ser prioridade em todos os setores, desde equipamentos básicos como capacete, luvas, óculos de proteção, até os equipamentos para atividades mais específicas.

No transporte de líquidos, por exemplo, por conta da movimentação e da alta pressão que as máquinas recebem, podem haver vazamentos inesperados.

Para que isso não ocorra, uma válvula de segurança é um item ideal de proteção. Tanto nas tubulações como no transporte de líquidos, essa válvula age aliviando a grande carga de pressão presente, garantindo maior conforto e o resguardo das pessoas que trabalham com a transportação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *