O que é uma motobomba?

Graças aos avanços que a tecnologia trouxe nos últimos anos, já há uma série de tarefas que são realizadas de maneira automática no cotidiano. Isso, por sua vez, faz com que elas sejam realizadas de um modo mais eficiente, além de deixar mais tempo livre para que as pessoas se ocupem de outras tarefas.

Apesar disso, tais equipamentos, bem como suas funcionalidades, raramente são conhecidos pela população como um todo.

Um ótimo exemplo disso é a instalação de motobomba. Por mais que ela seja extremamente útil no contexto industrial, tal equipamento também traz uma série de benefícios quando é usado no âmbito doméstico. Assim, é interessante que todos busquem aprender mais sobre ele e suas funcionalidades.

Quer saber mais sobre isso? Então continue lendo e confira algumas informações importantes sobre esse equipamentos, suas funcionalidades e os modelos disponíveis no mercado.

O que é uma motobomba?

Grosso modo, as motobombas são equipamentos usados para transferir água ou outros fluidos em estado líquido de um lugar para o outro.

Portanto, ao comprar bomba centrifuga ou qualquer outro modelo, essa é a funcionalidade que as pessoas costumam ter em mente.

Como ela é requerida em uma série de locais e contextos, suas possibilidades de uso são amplas, como veremos a seguir.

Como uma motobomba é usada?

Como o bombeamento de fluidos é algo que é feito diversas vezes em nosso cotidiano, as motobombas estão presentes em mais situações do que as pessoas imaginam. Entre elas, estão:

  • Bombeamento de água de piscinas;

  • Bombeamento de água de caixas d’água;

  • Irrigação em plantações;

  • Bombeamento de fluidos na indústria.

Ao comprar um equipamento do tipo, é preciso ter em mente que ele está disponível em diversos modelos. Assim, é fundamental pesquisar a respeito de todos, de modo a escolher aquele que é mais adequado para o contexto em questão.

Quais modelos de motobomba existem?

Como as necessidades de cada espaço são diferentes, o mercado oferece uma série de modelos de motobomba disponíveis no mercado. Confira algumas delas, bem como em quais locais elas podem ser usadas nos tópicos a seguir:

  1. Motobomba centrífuga

A motobomba centrífuga é um dos modelos mais usados no mercado. O motivo por trás disso é o fato de que ela é considerada uma bomba intermediária, que pode bombear água limpa a uma ampla gama de alturas.

Ao comprar uma motobomba desse modelo, é preciso ter em mente que ela é dividida em subcategorias. Ela pode ser tanto monoestágio (capaz de transferir água a uma altura de até 40 metros, com uma vazão média 2 a 3 m3/hora).

Nesse caso, também será preciso contar com uma válvula de pé para garantir que a tubulação anexa a ela esteja sempre cheia, de modo que o item funcione melhor.

Do mesmo modo, pode-se contar com uma motobomba multiestagio. Ela pode ser usada para alturas maiores (até 340 metros) e com alta vazão (até 70 m3/hora). Ela também requer a instalação de uma válvula auxiliar para que funcione bem.

  1. Motobomba auto escorvante

Enquanto as motobombas centrífugas são mais comuns no uso doméstico, há outros modelos que são usados em outros contextos. Entre eles, está a motobomba auto escorvante, que costuma ser empregada em locais como estações de tratamento de água e efluentes, sistemas de irrigação agrícola e no rebaixamento de lençol freático.

O motivo por trás disso é o fato de que ela tem uma série de diferenciais quando comparada às bombas centrífugas.

Um dos principais é o seu custo de manutenção, que costuma ser inferior ao dos demais modelos. Além disso, sua linha de sucção fica submergida no fluido a ser bombeado, enquanto que a bomba em si deve ser posicionada em um local seco.

Da mesma maneira, esse tipo de bomba é capaz de retirar o ar presente no interior da tubulação, fazendo com que ela seja mais eficiente e dispense o uso de uma válvula auxiliar para a captação do líquido.

  1. Motobomba de engrenagem

Além das motobombas auto escorvantes há, ainda, outro modelo que é amplamente usado no contexto industrial: a motobomba de engrenagem.

Ela se diferencia por ter uma vazão mais alta que a média, o que também se aplica à pressão. Além disso, esse tipo de motobomba é extremamente resistente, o que a torna perfeita para uso em ambientes industriais, que costumam apresentar condições adversas ao funcionamento de boa parte dos equipamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *