O futuro da indústria

As inovações tecnológicas são constantes, com pesquisas sendo realizadas em todo o mundo objetivando novos avanços. A indústria é um dos setores mais importantes da economia e é possível dizer que ela foi o marco inicial do capitalismo, ou seja, o que o tornou  possível.

Dentro dessa lógica, é possível entender o porquê de tantos esforços para aprimorar os processos de produção industrial. Cada vez mais, esse ramo se torna tecnológico e funcional.

Automação na indústria

A automação industrial é a inovação tecnologica que mais conquistou o setor industrial nos últimos tempos.

Relativamente recente, ela se baseia em tornar o chão de fábrica mais autônomo. isso significa que a interferência humana nos processos se torna cada vez mais rara.

Isso se consegue por meio do uso de softwares, comumente referidos pela sigla SCADA (Sistema de Supervisão e Aquisição de Dados, em inglês), juntamente com um sistema de Controle Lógico Programável e uma série de sensores estrategicamente posicionados na fábrica.

Os sensores identificam características e fornecem informações sobre as operações diárias da industria, transmitindo-as por sinais elétricos.

Esses sinais elétricos funcionam como entradas e cada entrada possui uma saída. Essa interpretação se dá por meio do CLP (Controle Lógico Programável), que traduz os sinais elétricos em protocolos para o SCADA.

As vantagens de processos automatizados são muitas, tanto que até mesmo as menores fábricas adotam esse sistema. Dentre elas, é possível destacar:

  • Maior rapidez nos processos;
  • Maior volume de produção;
  • Menos falhas;
  • Maior economia;
  • Maior controle da produção;
  • Ambiente de trabalho mais seguro.

Além disso, muitas pessoas se valem dessa tecnologia para manter a fábrica trabalhando 24 horas por dia, o que resulta em muito mais lucro.

O sistema não apenas controla o chão de fábrica, delegando tarefas e executando mecanismos de segurança, dentre outras ações, como também coleta informações.

Com a automação industrial, consegue-se relatórios e gráficos detalhados sobre a produção, fornecendo um ótimo embasamento para decisões estratégicas.

Impressão tridimensional na indústria

A impressão 3d já faz parte da indústria, sobretudo com a fabricação de peças e objetos de plástico e a expectativa é que se torna cada vez mais popular.

Como o nome indica, é uma impressora capaz de produzir objetos, por trabalhar com profundidade.

Geralmente, os trabalhos com a impressão 3D contam com um software de computador voltado para a animação e se faz um protótipo virtual do que será o produto final de impressão. Então, utilizando três eixos, a impressora usa o protótipo como base e cria a sua versão real.

Esse processo de prototipagem é a parte mais importante quando se fala de impressão 3D e, geralmente, a que leva mais tempo. Isso, é claro, considerando um grau de complexidade maior.

Geralmente, as empresas que trabalham com a fabricação de peças por meio da impressão tridimensional possuem um profissional especializado nisso e que realiza a tarefa de criar o protótipo.

Entretanto, também existe a possibilidade de levar o projeto pronto, solicitando apenas o trabalho de impressão.

A principal vantagem de utilizar esse sistema ao invés da produção tradicional de peças é a economia.

Isso porque, tradicionalmente, as peças de plástico são feitas por um pressão de injeção em moldes, que pode ser chamado de fundição.

Dessa forma, o plástico líquido é inserido no molde feito para aquela peça em específico e basta aguardar que a temperatura abaixe e ele endureça para que a peça fique pronta.

Entretanto, com a necessidade de produzir o molde com maior complexidade no processo, essa alternativa se mostra menos interessante.

A impressão 3D é um concorrente de peso, pois oferece um serviço de qualidade muito semelhante por um preço bem inferior.

Entretanto, a maioria das empresas de impressão para fabricação de peças não trabalha com peças de grande porte, apenas de médio e pequeno porte.

Isso pode significar um problema, mas a projeção para o futuro é que essa desvantagem seja eliminada.

Em conclusão, as novidades tecnologicas estão sempre presentes no ramo industrial, em prol de maior produtividade com qualidade e menos desperdícios.

Se uma empresa deseja fazer sucesso e crescer no ramo industrial, ela precisa estar antenada em todas essas novidades, pois do contrário, acabará sendo ofuscada pelos atuais concorrentes.

A dica é sempre implementar uma tecnologia nova aos poucos, com calma e mantendo todos os funcionários cientes do que acontece e dos benefícios que serão gerados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *