O aço inoxidável e diferentes usos dessa liga

O aço inoxidável, popularmente conhecido como inox, é um ganho e avanço da indústria siderúrgica. Constituído por uma liga de ferro e crómio, pode conter ainda na sua concepção níquel e outros elementos.

Diferente do aço comum, o aço inox não sofre os efeitos da oxidação, ele apresenta resistência superior à corrosão, em principal por conter o crômio, porém, ao adicionar o níquel, a liga garante uma facilidade de trabalho maior, ao mesmo tempo que apresenta resistência, também, a temperaturas altas.

Essa liga é conhecida por ter durabilidade muito maior em relação à corrosão quando comparada com outros tipos de liga de aço.

Descoberto por volta de 1912, na cidade de Sheffield na Inglaterra, pelo metalurgista inglês Harry Brearley, que era filho de um fundador de metais e estudou o assunto por anos, o aço inoxidável está presente desde a mesa do cidadão comum, até os galpões da indústria.

Contudo, não existe apenas um tipo, mas vários, que têm suas próprias características e uso apropriados em suas determinadas funções e com vantagens e desvantagens.

O austenítico, por exemplo, é resistente à corrosão, já o ferrítico é financeiramente mais vantajoso por não ser constituído de níquel, ou ainda o martensítico que é mais duro, mas um pouco menos resistente à corrosão.

Então é possível conhecer os diferentes usos dessa liga que cria possibilidades diversas.

Usos variados do aço inoxidável

O aço inox pode ser utilizado de forma muito diversificada, desde a cozinha do cidadão comum a fábrica.

A indústria alimentícia é destaque nesse uso pela confiabilidade do material quanto a sua resistência a corrosão, é um material de grande durabilidade, o que garante também um retorno financeiro,

Além de tudo isso, a facilidade para higienizar as máquinas se apresenta como um atrativo bastante destacado para essa indústria.

Mas, não apenas na área de alimentos, as indústrias hospitalar e de medicamentos também vêm utilizando o aço inox com mais frequência.

Uma mesa aço inox industrial entrega possibilidades por apresentar muitas vantagens e características que são muito bem aproveitas como:

  • Resistência à corrosão;
  • Limpeza mais facilitada;
  • Resistência a altas temperaturas;
  • É um material 100% reciclável.

Além dos outros benefícios já explanados aqui, a possibilidade de reciclagem carrega uma questão de preocupação e cuidado ambiental que coloca o inox mais um passo à frente.

A diminuição dos impactos na natureza é mais um fator benéfico a contar, ou seja, por ser 100% reciclável, o inox é teoricamente infinitamente reciclável, um material ecológico.

Uma chapa de aço comum de ferro não teria esse conjunto de propriedades entregues pelo inox que deixa seus concorrentes com desvantagens.

Outros usos do inox, já em coisas mais próximas do dia a dia, são ainda no escapamento dos automóveis e em eletrodomésticos, utensílios de uso geral na cozinha, cafeteiras e garrafas térmicas muito usadas hoje em dia e até em revestimento de elevadores por possuir grande resistência e ser ainda mais leve que outros.

O que mais o inox pode fazer?

Em áreas externas, a chuva e a ação do vento corroem com muita facilidade escadas, apoios e demais equipamentos e construções de aço expostos.

Um corrimão em aço inox terá durabilidade muito maior. É comum se deparar com essas estruturas enferrujadas e desgastadas, pois é natural a oxidação com o aço comum ao longo do tempo, o que torna a utilização de aço inoxidável ainda mais relevante nesse tipo de cenário tão comum.

Já em áreas internas, pias, ralos e outros elementos de metal podem estar em constante contato com a água e vento.

Uma cuba de aço inox encaixa-se perfeitamente na utilização quando se faz necessário o uso de metal em um lavatório. A liga de aço inox cai como uma luva e vai demonstrar vantagens enormes.

Mais ainda, o inox possui um efeito estético brilhante e admirável, podendo deixar ambientes muito mais bonitos e agradáveis. Um apelo estético impressionante que só fortalece a escolha e uso desse material.

Mas qual a diferença realmente de uma chapa de aço carbono, por exemplo, para o aço inox?

A corrosão, ou seja, o enferrujamento do material pode causar contaminação, o que leva, como falado acima, principalmente, as indústrias alimentícia, hospitalar e medicamentosa em utilizar essa liga versátil, resistente e extremamente importante nos dias de hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *