Motores elétricos e acessórios

Cabo de aço é um material indispensável em qualquer serviço que a indústria desenvolva, são utilizados em vários setores industriais como na construção civil, o setor automobilístico e o setor de mineração, por exemplo.

Seu principal objetivo é em relação à elevação, movimentação e no transporte de cargas pesadas, por isso, eles conseguem atender muitos segmentos e atividades e atribui resistência e segurança.

Os cabo de aço possui muita eficaz e durabilidade no qual, essas mesmas qualidades, também é incorporada outros itens como os Acessórios para cabo de aço que ampliam a capacidade do cabo na sua aplicação. Veja alguns exemplos de acessórios:

 

  • Manilhas;
  • Anéis de carga;
  • Cinta com catraca;
  • Ganchos e grampos.

São diversos acessórios que são bem resistentes e eficazes em seu empenho.

Mas também existem outras vantagens aos acessórios para cabos de aço como sua versatilidade, por exemplo, porque junto com os cabos de aço realizam atividades diferentes, conseguindo atuar em diversas frentes de constituição de aparelhos, amarração, proteção, ligação, entre os cabos e entre outras cargas que necessitam ser elevadas e transportadas.

Todas essas vantagens possibilitadas pelos acessórios são essenciais ao cliente para o cliente, por isso, é necessário procurar por um fornecedor que se preocupe com cada detalhe da produção do produto.

Porque se ela for fabricada com um baixo padrão de qualidade afetará diretamente a segurança nas atividades industriais, gerando prejuízos e até acidentes.

Descubra os aspectos da rebobinagem de motores elétricos

Rebobinagem de Motores elétricos é uma atividade feita somente por profissionais especializados na área elétrica, pois é essencial que ele saiba e trabalhe dentro das normas, prescrições e todas as instruções de segurança.

Em um procedimento de manutenção em um motor que possa ter algum tipo de problema é necessário tomar cuidado no momento de aplicar a rebobinagem no Motor elétrico ou até em trocar uma simples peça, mas isso quem irá decidir é a empresa contratante do serviço. Essa decisão ocorrerá baseada em menor tempo e gasto.

Essa técnica é considerada muito comum para a introdução de peças novas no qual terão a função de ajudar na composição do motor e garantirá seu funcionamento.

A rebobinagem de motores elétricos coibi defeitos e falhas como, por exemplo, o aquecimento excessivo e o rebobinamento em desacordo.

O profissional responsável pelo rebobimento deve ficar atento quando for reparar o motor porque é necessário apontar aspectos essenciais antes de realizar o procedimento do rebobimento ou até desmontar o dispositivo, mas o desmonte é somente se caso precisar.

Antes de começar o procedimento de rebobinagem de motores elétricos é necessário verificar se os fios estão conectados corretamente para que o motor funcione.

Também é necessário fazer testes com o motor depois do processo, pois essa ação garante 100% do funcionamento do motor.

Mas, se caso, ainda persistir irregularidades o próprio técnico deve consertar o motor e realizar outros testes para evitar outras falhas no seu manuseio.

Conheça os aspectos do banco de capacitores

Banco de capacitores automáticos corrige a potência do crescente excesso do aumento do consumo da energia elétrica. Ou seja, quando instalados o banco de capacitores funciona na diminuição do custo da eletricidade através da correção do fator potência.

Otimiza o uso da energia elétrica gerada pelo país, conforme a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), por meio do Decreto Nº 479 de 20 de março de 1992 estipula que o fator de potência mínima deve ser de 0,92.

A instalação do Banco de capacitores garante fator de potência da Corrente elétrica consiga se manter dentro das regras estabelecidas sempre, propiciando economia na conta de energia elétrica.

Confira outras vantagens: melhora a tensão; eficiência energética; redução do efeito Joule; redução da corrente reativa na rede elétrica; maior vida útil das instalações e equipamentos; e redução dos efeitos das cargas harmônicas da instalação.

A maioria de cargas dos sistemas modernos de distribuição de energia elétrica é indutiva. Tendo uma série de componentes: motores, transformadores, reatores de iluminação e fornos de indução, entre vários outros.

Uma característica principal das cargas indutivas é a necessidade de um campo eletromagnético para funcionar, por isso, consomem tipos de potência elétrica: a potência ativa (kW) que gera calor, luz, movimento e a potência reativa (kVAr) que mantém o campo eletromagnético.

A potência ativa tem uma medição em quilowatts (kW) e medida por quilowattímetro. A potência reativa não realiza atividade útil, mas circula entre a carga e o gerador exigindo do gerador e do sistema de distribuição uma corrente adicional também é medida em quilovolt-Amperes-reativos (kVAr).

Contudo, a potência reativa é precisa, mas, ao mesmo tempo, não é desejada, porque sua redução é feita através da instalação de capacitores de cinco maneiras distintos tendo como objetivo a conservação de energia e a relação custo-benefício.

O recomendado é sempre contratar profissional capacitado para realizar a instalação dos bancos de capacitores, porque conhece as técnicas e como proceder o processo de maneira correta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *