O que são moldes de injeção plástica?

fabricação de moldes para injeção de plásticos não é algo difícil de ser entendido, mesmo sendo um processo complexo.

Neste sentido, a injeção de plástico conta com a presença de uma máquina injetora, programada e especializada para o serviço.

Entretanto, é necessário que um profissional especializado comande o maquinário para que o produto final possa sair perfeito, assim como o planejado.

Além disso, essa é umas das principais etapas do processo de injeção de plásticos, uma vez que o manuseio das máquinas que trabalham em constante velocidade e em tempo reduzido na produção dos plásticos acaba sendo um grande diferencial da técnica de injeção.

Por conta disso, preparamos um conteúdo exclusivo com tudo o que você precisa saber sobre o que são moldes de injeção plástica. Continue com a leitura do restante do conteúdo a partir do próximo tópico.

 

Como acontece a injeção de plásticos?

Para entender como funciona o processo de molde de injeção é bem simples, uma vez que o objetivo principal da ação é derreter o polímero e esculpir de acordo com o molde, bem como a finalidade do material.

Deste modo, o objeto é formado, como um brinquedo de plástico, por exemplo.

Além do mais, cabe destacar que é importante saber que há diferentes tipos de máquinas injetoras de plásticos e de metais no mercado industrial, no caso deste último, o material é fundido em temperaturas muito altas e aplicado em seu molde específico, para diversas finalidades.

Muitos empreendedores do setor industrial buscam por moldes de injeção plastica a venda, pois o equipamento diminui o tempo de produção drasticamente e aumenta, consequentemente, a produtividade do setor industrial.

plástico, por sua vez, passa por um procedimento semelhante em sua injeção.

Entretanto, é um material de fácil moldagem e manuseio, além de ser extremamente econômico, uma vez que pode ser usado em variadas aplicações no âmbito industrial.

Isso devido à sua versatilidade e à possibilidade de criação e desenvolvimento de peças e materiais a partir de sua matéria-prima, o que o torna um material fundamental e de extrema funcionalidade.

No setor da ferramentaria, esse tipo de processo é muito recorrente, especialmente quando o cliente necessita de um mesmo produto em grande quantidade padronizada, como chaveiros, peças industriais, dentre outros materiais.

Neste sentido, ao longo do texto explicaremos um pouco desse processo de modelagem de injeção de plásticos para que você possa entender melhor a sua funcionalidade no ramo da indústria.

 

Etapas do processo de injeção de plásticos

Assim como já foi mencionado neste artigo, a injeção do produto plastificado necessita de um curto período de tempo para completar o processo com extrema qualidade, pois, assim, há possibilidade de evitar que o bico injetor do equipamento resfrie.

Se isso acontecer, todo o procedimento é prejudicado, interferindo no processo produtivo como um todo.

Sendo assim, o processo se inicia com o aquecimento dos “grânulos de plástico”, que serão derretidos em uma temperatura de aproximadamente 250°C.

Cabe destacar que esse procedimento é conhecido como plastificação, pois garante o formato final dos produtos inseridos nos moldes.

Todo o procedimento acontece por meio do auxílio do cilindro de uma máquina injetora, de maneira que o plástico adquirido é misturado com os corantes determinados no canhão, uma das áreas da máquina.

Na sequência, esse material “plastificado” é injetado, com o auxílio da rosca plastificada, em uma ferramenta que trabalha como um molde específico e só é então retirado de lá.

Depois, acontece o seu total resfriamento completando, assim, o ciclo do procedimento.

Deste modo, em cada ciclo acontecem as seguintes ações:

  • Fechamento do molde;
  • Injeção;
  • Recalque;
  • Resfriamento da peça.

Posteriormente, com a peça já finalizada, acontece a abertura e extração do molde.  Essa atividade leva um pequeno intervalo de aproximadamente 15 segundos.

Ainda assim, cada processo de injeção das peças possui um tempo bem rápido para ser finalizada em uma variação de 3 a 5 milésimos de segundos.

Essa, sem sombra de dúvida, é a operação mais curta que compõem todas as etapas de modelagem de injeção dos plásticos.

O processo de modelagem de injeção de plásticos para o desenvolvimento de ferramentas e peças para diversas finalidades, de fato, é uma técnica muito específica e que necessita de bastante conhecimento, bem como o maquinário necessário para cada aplicação.

Portanto, isto é tudo sobre moldes de injeção plástica, um dos equipamentos mais funcionais e versáteis da indústria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *