Indústria: a importância do aço e sua utilização

O aquecimento do minério de ferro bruto juntamente com outros materiais feito em gigantes caldeirões elétricos resultam na fabricação do aço e do ferro gusa.

Esse processo é realizado por uma indústria siderúrgica. Dentro desses caldeirões, o minério de ferro é aquecido a partir da queima do coque metalúrgico, se transformando em  produto líquido vermelho e bem quente, chamado de ferro gusa.

Depois do direcionamento desse líquido para os conversores, ele sofre a transformação para o aço.  Existem diversas misturas que podem ser feitas misturando materiais diferentes com o aço, originando produtos diferentes, como o aço 1045, o aço 8620, entre outros.

O aço líquido, em seguida, é colocado em moldes para ser resfriado em placas contínuas.

O processo de corte é feito no momento em que a peça sai do equipamento, sendo possível obter as dimensões padronizadas conforme os requisitos.

Existem empresas de corte a laser em sp que fazem esse tipo de trabalho minucioso.

O aço é uma liga de ferro e carbono formado pela mistura de minério de ferro, carvão e cal. A fabricação do aço se torna completa após quatro etapas, que são: a preparação da carga, a redução, o refino e a laminação.

A produção do aço movimenta a economia, pois ele está presente em diversos produtos que utilizamos no nosso dia a dia, como:

  • Cantoneira
  • Automóveis
  • Eletrodomésticos,
  • Embalagens,
  • Cabos elétricos

Como acontece a usinagem

O processo que dá forma a uma determinada matéria-prima por meio de ferramentas ou máquinas. é conhecido como usinagem.

Esse tipo de processo é muito usado desde serviços mais simples e rotineiros, como fazer a cópia de uma chave, por exemplo, até serviços mais complexos, como a fabricação de peças que compõem eletrodomésticos e automóveis

A usinagem possibilita a produção em série de uma grande quantidade de peças, justificando o seu custo mais baixo. O corte do bloco sólido de aço permite que diversos produtos sejam criados a partir dele.

A usinagem é muito utilizada na área mecânica como sendo uma opção para realizar o reparo de acessórios metálicos ou de outros materiais. As indústrias naval, de produção de eletrodomésticos, eletrônica e de outros segmentos fazem a usinagem.

Como acontece a galvanização

A galvanização é o processo em que o zinco reveste os metais corrosivos. Uma chapa galvanizada, por exemplo, é aquela chapa que recebeu uma camada de zinco, tornando-o mais resistente à corrosão.

Quando acontece a reação entre o zinco e o material revestido, ele passa a ser carbonato de zinco, produto que protege o material dos agentes corrosivos.

O ferro e o aço são menos reativos do que o zinco. Dessa maneira, o zinco galvanizado se corrói primeiro, funcionando com uma camada de proteção para o zinco e o ferro.

Resumindo então, um material galvanizado é um material que recebeu proteção contra agentes externos que possam causar ferrugens no decorrer do tempo.

A reação do zinco com o oxigênio, quando ele é exposto à atmosfera resulta no óxido de zinco. Já a reação do óxido de zinco com o dióxido de carbono forma o carbonato de zinco, um material resistente à corrosão.

Tubos de aço

Os tubos de aço também podem ser galvanizados. O tubo de aço galvanizado é aquele que recebeu a proteção de zinco.

Os tubos de aço compõem diversos produtos que usamos no nosso dia a dia, como cadeiras, mesas, grades, portões, corrimões, peças para máquinas, sistemas de condução industrial, automóveis, entre outros.

Os tubos de aço são produzidos de formatos e dimensões diferentes, sendo quadrados,, redondos ou retangulares para poder se encaixar da melhor maneira em cada objeto que ele irá compor.

 Os tubos de aço podem ser produzidos de duas formas. Uma delas é  por meio de uma ferramenta conhecida como calandra, que une as extremidades das chapas de aço, transformando-as em cilindros.

Os cilindros são soldados  para garantir a estabilidade deles. A outra maneira de produzir um tubo de aço é por meio de um pedaço maciço e cilíndrico de aço, conhecido como “tarugo”.

Nessa forma de produção,  o tarugo é aquecido e o seu miolo resfriado do cilindro é desprendido.

Sendo assim, fica apenas só a casca do contorno do tubo, que são conhecidos como os tubos sem costura. Cada tipo de tubo possui uma aplicação diferente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *