Hélices: conheça sua importância industrial

Um compressor de ar industrial é um equipamento caro e muito utilizado no dia a dia da indústria. Sua função é captar o ar ambiente, armazená-lo em alta pressão e transformá-lo em ar comprimido.

Ele é usado para diversos tipos de serviços, desde pinturas até clínicas de dentista. No caso das fábricas, eles são utilizados para oferecerem suprimentos de ar para outros serviços.

Ele atua como um exaustor, ou seja, utiliza uma espécie de hélice para ventilador de modo a captar ar e arejar o ambiente.

Como age em áreas diferentes, pode ser de diversos tamanhos. Assim, a hélice é uma das peças mais importantes para esse equipamento.

Mudando a quantidade de pás dessa hélice, por exemplo, o compressor pode atuar de maneira mais ou menos forte. Isso também pode ser feito mudando o ângulo, a largura e o comprimento dessa peça. As pás podem ser feitas dos seguintes materiais:

  • Alumínio;
  • Plástico;
  • Ferro;
  • Híbridas.

Isso porque, para que funcionem de maneira correta, as hélices precisam ser resistentes a altas rotações e temperaturas, grandes pressões e, por vezes, sujeiras.

Os tipos de compressores

Apenas para uma melhor compreensão de qual é a função dos compressores, precisamos esclarecer que, em geral, existem dois tipos.

O primeiro é o compressor volumétrico, que utiliza o sistema parafuso. Isso significa que o volume do ar reduz ao longo do parafuso, o que causa o aumento da pressão.

O segundo é o compressor dinâmico, que utiliza energia cinética para comprimir o ar. Isso significa que o ar entra em contato com um rotor laminado (ou seja, uma hélice), que faz todo o trabalho, chegando ao aumento de pressão.

Onde mais as hélices são utilizadas?

Além dos compressores, as hélices também podem ser utilizadas em ventiladores industriais. Assim, saber onde comprar hélice de ventilador industrial pode fazer grande diferença na montagem desse equipamento.

Inclusive, existem outras máquinas que necessitam de hélices, como radiadores ou para resfriamento de motores.

Não podemos deixar de lado sua função de ventilação ambiente. Estruturas grandes necessitam de máquinas grandes para essa função.

Por conta disso, as hélices também precisam ser grandes e resistentes. Alguns pontos que podem alterar o tamanho e o material de que é feita essa peça são: local, força desejada e ruído.

O secador de ar comprimido por refrigeração é outra máquina que necessita de hélices bem construídas e instaladas.

Sua função é retirar toda a umidade e vapores do ar, de modo que determinadas áreas possam utilizar, sendo um eficaz filtro de ar.

Manutenção de hélices

Independente de onde as hélices são utilizadas, sejam elas em compressores, ventiladores ou secadores, é preciso que passem por periódicas manutenções preventivas.

Para isso, é necessário analisar desde o motor até a qualidade que se encontram os materiais em si. Caso contrário, com as hélices deterioradas, pode ser que haja erros ou gastos desnecessários.

Além disso, quando essa peça não está funcionando corretamente, as máquinas que as utilizam também acabam tendo que se esforçarem o dobro para realizarem o trabalho, o que pode comprometer todo o processo.

Como sabemos, a manutenção é necessária em todos os locais da indústria. Com a hélice não é diferente.

Ela se divide em três etapas: a manutenção preventiva, que é a mais indicada; a manutenção preditiva e a manutenção corretiva. A primeira deve ser feita de tempos em tempos e tem a função de evitar problemas maiores.

A segunda é realizada em momentos determinados e em peças específicas, de maneira um pouco mais detalhada.

A última, corretiva, atua exatamente como o nome diz: para corrigir algum defeito. O ideal é evitar ao máximo chegar nessa última, que acaba gastando muito mais dinheiro e tempo.

Outra ação que pode evitar muitos problemas é a contratação de profissionais especializados no serviço. Isso faz com que erros humanos, que podem acontecer, também sejam diminuídos.

Por fim, se as hélices forem encomendadas e compradas em empresas que são eficientes e exemplares, muitos defeitos e danos deixarão de acontecer.

Para concluir

Quando levamos em consideração os maquinários  presentes no meio industrial, temos que pensar, também, em todas as peças que existem para que ele funcione.

Por conta disso, ações como boas compras, manutenções e cuidados com a usabilidade são essenciais.

Compreender de que forma esses equipamentos funcionam é o primeiro passo para cuidar melhor da estrutura do dia a dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *