Para que servem os equipamentos pneumaticos?

Os equipamentos pneumáticos funcionam com o uso de ar comprimido, sendo que esta compressão é responsável pela movimentação dos eixos ou pistões com a força do ar e tem uma enorme importância na automação industrial.

Esses equipamentos são utilizados em maquinários que fazem movimentos repetitivos na realização dos mais diferentes serviços, como por exemplo, fixar, alimentar, lixar, levantar, rosquear, pintar, pulverizar, entre muitos outros.

Esses modelos de equipamentos possuem um sistema com três partes principais, sendo um compressor, um reservatório e um cano que é responsável pelo transporte de gás pressurizado até o local destinado à geração de energia.

os equipamentos podem fazer uso de qualquer tipo de gás, sendo o próprio ar o mais usual – o qual contém uma mistura de 78% de nitrogênio e 21% de oxigênio – já que é encontrado na atmosfera e armazenado facilmente a fim de ser transportado pelas tubulações.

Gerador de vacuo como funciona e o que é?

Geradores de vácuo consistem em dispositivos utilizados para criar vácuo em aplicações industriais. O vácuo pode ser usado em inúmeras  aplicações na indústria, como para mover e pegar peças por meio de ventosas ou sistemas de testes de vazamento de peças que fazem uso de vácuo.

Basicamente, existem dois tipos de geradores de vácuo, sendo eles o gerador que usa pressão de ar (positiva) e cria o vácuo a partir do princípio de Venturi. O segundo modelo é uma bomba elétrica geradora de vácuo, que não faz uso da pressão de ar do sistema.

Como um gerador de vácuo pneumático possui inúmeras características, é necessário que se mantenha atento ao escolher o seu. É preciso verificar se ele está de acordo com as funções e possibilidade de conexões necessárias do cliente.

Um dos primeiros critérios a serem avaliados durante a pesquisa por um modelo de gerador de vácuo pneumático é o diâmetro nominal do bico, já que é por meio dele que o cliente saberá se o gerador pode ser instalado em seu sistema de ar comprimido.

É necessário que se defina o tipo de conexão desse gerador, seja ele para roscas internas ou para tubos de diferentes tamanhos. Assim como é extremamente recomendado que se verifique o modelo que mais irá se adequar às  necessidades do cliente.

Cada modelo de ejetores de um gerador de vácuo pneumático é mais indicado para uma finalidade de geração de vácuo. Neste aspecto, é importante considerar a capacidade de sucção do equipamento e o nível de geração de vácuo.

O que é e para que serve uma retífica?

Uma Retífica pneumática é uma máquina utilizada em vários setores da indústria, estando presente frequentemente indústria siderúrgica, na indústria metalúrgica, na indústria automotiva, e em muitas outras.

Esse equipamento deriva do torno mecânico, sendo uma evolução do mesmo. A máquina é usada com o intuito de retificar peças planas e cilíndricas.

A utilização da retifica pneumática nas linhas de produção atualmente é essencial, já que a mesma otimiza a produção, tornando-a mais rápida, exata e prática. Como seu nome já indica, o aparato tem funcionamento por meio de sistema pneumático.

retifica pneumatica industrial se destaca por seu tamanho reduzido e baixo peso, que chega a 1,1 kg, o que torna mais fácil e simples a sua utilização.

O modelo ainda consegue atingir uma potência de 1,0 horse-power, podendo ser aplicada em atividades de desbaste mais pesadas sem que ocorra qualquer tipo de problema durante seu funcionamento.

A velocidade de uma retifica pneumática industrial pode ir até 18.000 RPM, fazendo uso de uma entrada de ar de 1/4 durante suas atividades.

Sua facilidade de manuseio e potência tornam-a um equipamento de produtividade sem igual, sendo capaz de suportar uma pressão que chega até a 90 PSI. O modelo ainda realiza um desbaste mais preciso, de modo que não ocorram deformidades em uma estrutura.

Tipos de transportes pneumáticos

Os modelos consistem em:

  • Transporte pneumático a vácuo
  • Transporte pneumático de grãos
  • Transporte pneumático feito em fase densa com tecnologia bypass valve
  • Transporte pneumático feito em fase densa com tecnologia pipe-in-pipe
  • Transporte pneumático feito em fase densa
  • Transporte Pneumático feito em fase diluída

O sistema de transporte pneumático de grãos tem o intuito de transportar matéria-prima, sendo esta em pó ou grânulo, de uma origem até um ou mais pontos por meio de um conceito denominado fluidização.

O sistema deve ser totalmente enclausurado e faz uso de pressões alta, baixa ou negativa para que o transporte de materiais ocorra de modo adequado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *