Mais detalhes sobre os equipamentos industriais

Decidir quais são os melhores equipamentos industriais acaba envolvendo algumas etapas importantes e, por conta disso, antes de começar, é preciso fazer uma análise sobre todos os processos que serão executados.

Assim vai saber se faz sentido investir em novos equipamentos para aumentar a capacidade da indústria.

A manutenção e a utilização adequada, são fatores tão importantes quanto a compra em si, já que, se feitas de maneira adequada, acabam prolongando a vida útil dos equipamentos. Por isso, a utilização de equipamentos traz benefícios como:

  • Economia;

  • Flexibilidade tempo de uso;

  • Melhor escolha dos equipamentos;

  • Serviços especializados;

  • Sem preocupação com a manutenção.

Inversor de tensão

O inversor de tensão, também conhecidos popularmente como conversores, são aparelhos que podem converter as baixas tensões de bateria, ou inclusive de um conjunto de pilhas de tamanho grande, em uma alta tensão de energia alternada que é gerada para fazer a alimentação dos aparelhos que são ligados nas redes de energia.

De maneira generalizada, esses aparelhos possuem um consumo de energia bastante alto e, por conta disso, a recomendação geral é que sejam usados com baterias ou pilhas. Entretanto, nem sempre isso é possível.

É como no caso de sistemas de iluminação de emergência, esses sistemas usam lâmpadas do tipo fluorescentes, que precisam ser utilizadas em lugares onde não haja rede de energia e, até mesmo, eletrodomésticos.

O que determina o tamanho do equipamento é a frequência de operação, além de alguns outros fatores, portanto o que a máquina inversora faz é elevar essa frequência de níveis muito altos.

Após a corrente da energia sair, ela passa para a última fase dentro da máquina antes de sair pelos cabos de solda, o indutor. Como resultado, vai filtrar e fazer com que a qualidade das ondas elétricas deixe a solda mais suave e com maior qualidade.

Máquina de solda

As máquinas de solda trabalham com a alimentação de uma corrente elétrica, podendo ser tanto continua como alternada.

Dentro das máquinas existem dois tipos de sistemas que processa a energia, porém, em sua saída as duas geram um arco elétrico.

Esse arco elétrico é formado quando o eletrodo encosta na parte metálica, fazendo com que gere um calor que é necessário para fundir as peças desejadas. Esse calor é formado com a corrente usada na máquina, sendo assim, quanto maior a corrente, maior será a temperatura.

A máquina de solda pode ser alimentada de dois modos, de forma elétrica e a gás. No entanto a mais recomendada é a elétrica, pois ter mais segurança, cabeamentos, etc.

Elas aproveitam melhor a energia desta forma, podendo gerar mais economia para a indústria, além de serem mais leves e compactas, facilitando seu manuseio e transporte, possuem também uma seleção de corrente e tensão por meio de botões em sua grande maioria, alguns casos, os modelos podem ter inclusive telas eletrônicas.

Transformador de energia

Esse tipo de equipamento produz apenas um tipo de corrente, que é a alternada, portanto podem apenas ser usadas para soldar eletrodos, o que acaba restringindo suas aplicações em áreas industriais.

É uma máquina simples de ser usada, e é basicamente um transformador comum, porém com dois cabos na saída preparados para solda.

O transformador de energia é basicamente constituído por um núcleo, esse núcleo é revestido por enrolamento das bobinas de cobre.

Trabalham através de correntes alternadas e os valores são alterados através da posição do núcleo, e possuem algumas limitações que são de acordo com tipo de eletrodo referente à construção do equipamento.

Outra restrição dessas máquinas é que, geralmente, precisa-se ligar as máquinas direto no padrão de energia estabelecido, por ela consumir muita energia. Por isso, dificilmente, residências possuem o cabeamento necessário para que suportem o consumo desse tipo de equipamento.

A função básica da máquina de solda elétrica é modificar essa forma de energia que captou da rede e fazer com que seja útil.

No caso da manutenção, a máquina de solda inversora, o dono ou a indústria responsável pelo equipamento terá que se atentar à manutenção através da contratação de uma boa empresa ou de um técnico qualificado para o conserto desse tipo de equipamento.

A maioria das máquinas deste tipo é constituída por uma única placa, e, em caso de defeito, apenas é possível trocar o aparelho ou consertar a placa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *