Cuidados industriais estão nos equipamentos e na logística

A partir da entrada de matéria-prima dentro de uma fábrica ou indústria, a contratação de mão de obra qualificada para as mais variadas tarefas e a disposição das máquinas, ferramentas e demais equipamentos necessários para atender as finalidades de uma empresa, a produção de bens de consumo pode ser iniciada.

Vale dizer que não é tão simples assim, pois há muitos detalhes que englobam a realidade do setor industrial, em seus mais diversos segmentos. Desde a busca por recursos naturais até a formalização de parcerias empresariais, há muito a ser feito e produzido.

A legislação que rege os ambientes industriais também é ampla e variada, influenciando até mesmo os materiais utilizados, os equipamentos necessários.

Os objetivos, a visão e os valores de uma empresa influenciam no modo de produção, o que pode ser restringir ou ampliar o campo de atuação.

Padronização garante produção eficiente

Os processos industriais são feitos seguindo normas regulamentadoras propostas por órgãos fiscalizadores como a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) e o INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia).

Para garantir que as linhas de produção estão devidamente corretas, qualquer indústria pode terceirizar a tarefa e contratar uma empresa de aferição de instrumentos, máquinas e equipamentos utilizados nos ambientes de trabalho.

Como exemplo podemos citar dois tipos de indústria: a farmacêutica e a alimentícia. Ambas as finalidades são distintas, mas se as medidas utilizadas nas receitas dos bens de consumo produzido, a qualidade dos produtos não estará de acordo com o projeto estipulado desde o início.

Em outra ponta está a estação de tratamento de água e esgoto industrial. Se o equipamento responsável pela captação dos fluídos, como a bomba de drenagem, a tarefa não será completa e a poluição do meio ambiente pode ficar comprometida.

Por isso, todos os detalhes dentro de uma planta fabril devem passar por inspeção constante e um planejamento de manutenção preventiva e corretiva periódica.

Elementos de conexão promovem segurança

A segurança patrimonial e dos funcionários também é importante dentro do ambiente industrial. A implementação de sistemas hidráulicos funcionais e com resistência eficiente é necessária em qualquer cenário.

O uso de conexão instantânea em alguns projetos específicos é válido, pois permite o fácil acesso e a substituição imediata, quando é necessário a manutenção.

Dessa forma a segurança de todo o sistema está garantido, assim como dos operadores que dependem do abastecimento de fluídos líquidos ou gasosos que atuam nas máquinas e equipamentos.

Os sistemas pneumáticos também são comuns em uma montagem industrial, presente em diversos elementos de ação contínua. Por isso, é comum a presença do cilindro de simples ação como suporte para os avanços pneumáticos e o retorno por mola.

Junto a automação industrial esse elemento pode ser formado por êmbolo magnético, facilitando a detecção de sensores que dispensam o contato físico.

Movimentação de carga com veículos apropriados

A logística é outra parte essencial dos serviços prestados pelas empresas de transformação e manufatura. A distribuição de carga ocorre a partir de um planejamento logístico que envolve diferentes profissionais, veículos e destinos.

Dentro dos galpões e depósitos de estoque, por exemplo, as cargas são movimentadas para a entrada e saída de maneira organizada, com a disponibilidade da paleteira manual usada para pequenos e médios volumes.

Esse cuidado é necessário pois esse tipo de equipamento demanda esforço físico humano. Logo, os limites precisam ser respeitados, de acordo com a legislação trabalhista que rege todos os setores de produção.

A paleteira é eficiente dentro de espaço pequenos, para elevar cargas até alturas de prateleiras fixas. Como não possui um motor em sua constituição, o uso dentro de ambientes fechados não apresenta nenhum problema, pois não tem a emissão de gases poluentes produzidos por motores movidos a combustível fóssil.

Em outros cenário, como o carregamento de caminhões para integração logística entre empresa e centros de distribuição, a empilhadeira usada possui uma potência característica, pois possui motor abastecido com gasolina ou diesel.

A presença desse veículo está nos mais diferentes ambientes logísticos, como:

  • Portos e aeroportos;
  • Pátios industriais;
  • Mercados de atacado e varejo;
  • Movimentação de matéria-prima.

A montagem industrial desenvolve projetos que preveem a logística como parte integrante no dia a dia de uma empresa.

O aproveitamento do espaço do terreno é propício para que os galpões destinados para depósito de matérias-primas e estoque dos produtos finalizados.

Sendo assim, tudo deve ser imaginado desde o princípio, respeitando as finalidades às quais a empresa se dedica.

A produção industrial depende de elementos essenciais e detalhes técnicos que influenciam no atendimento à demanda ao mercado consumidor, estando tudo interligado de alguma forma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *