Conheça peças fundamentais da indústria

Nas últimas décadas, o público consumidor, de modo geral, passou a ter acesso a mais opções de produtos, que, por sua vez, estão disponíveis em maior quantidade.

Por mais que haja uma série de fatores por trás disso, há um que se destaca perante os demais: os avanços na tecnologia industrial.

Devido ao surgimento de recursos como a automação, há cada vez mais possibilidades de fabricação de produtos, o que, por sua vez, faz com que o setor se torne mais produtivo, e, consequentemente, ofereça mais opções aos consumidores.

Pese ao fato de isso influenciar muito a vida cotidiana das pessoas, nem todas elas conhecem quais são os equipamentos que tornam isso possível.

Quer aprender mais sobre esse assunto? Então continue lendo e confira algumas peças fundamentais para que uma indústria não apenas seja produtiva, como, também, ofereça produtos de qualidade ao público.

  1. Válvulas

Por mais que muitas pessoas não saibam disso, válvulas são itens fortemente presentes no cotidiano. A descarga dos banheiros de residências e empresas, por exemplo, nada mais é do que um tipo desse item.

Trata-se de um mecanismo que barra ou permite a passagem de um fluido, conforme a sua configuração e acionamento.

Vale ressaltar que, apesar de sua função ser sempre a mesma, as válvulas estão disponíveis em diversos modelos. Entre eles, estão:

  • Válvula agulha;

  • Válvula esfera;

  • Válvula borboleta;

  • Válvula gaveta.

Além disso, é preciso ter em mente que, independentemente do modelo usado, é preciso ter um cuidado específico com esse item: a calibração de valvulas de segurança.

Diz respeito a uma espécie de revisão realizada periodicamente, que visa garantir a estanqueidade do item, ou seja, sua capacidade de impedir a passagem do fluido.

Caso sejam detectados problemas, eles podem ser corrigidos antes que resultem em perda de matéria-prima, ou mesmo acidentes.

  1. Tubos metálicos

Quem trabalha com produtos metálicos sabe que os tubos estão entre os principais produtos feitos dessa matéria-prima no mercado.

O principal motivo por trás disso é sua versatilidade, já que uma barra redonda inox é capaz de servir tanto como ponto de apoio para a estrutura de uma edificação quanto para o transporte de fluidos em uma linha de produção.

Também é interessante ter em mente que, apesar de esse ser um produto simples à primeira vista, seu valor pode ser superior ao que as pessoas esperam.

Isso pois, para que os tubos possam ser melhor aproveitados, eles devem ser fabricados com exatidão, com a ajuda de equipamentos como a prensa extrusora e mão de obra qualificada. Do contrário, sua qualidade deixará a desejar.

Apesar disso, há situações nas quais a exatidão não é tão importante. Logo, nelas, é possível fabricar os tubos por meio de métodos mais econômicos, como a fundição.

Nela, o metal é colocado em um forno para fundição de alumínio ou objeto análogo, de modo que derreta. Em seguida, ele é depositado em um molde com o formato do tubo, onde deve ficar até que o metal endureça.

  1. Painéis elétricos

Se, por um lado, a automação industrial tem muito a oferecer a uma empresa, ela também exige algumas adaptações.

A principal dela é relativa às instalações elétricas, já que boa parte dos equipamentos usados em uma linha de produção são movidos com base nessa energia.

A boa notícia é que, devido a essa necessidade, há cada vez mais materiais elétricos de qualidade no mercado brasileiro.

Entre eles, está o painel eletrico em aço inox: trata-se de uma estrutura que tem a finalidade de distribuir a energia por toda a indústria com a ajuda de itens como fusíveis, disjuntores e unidades de proteção.

Devido ao seu papel central na linha de produção, é sempre fundamental que seja mantido em bom estado.

  1. Molas

Há, ainda, outro item importante tanto para a indústria quanto para as atividades corriqueiras, mas que passa despercebido por muitas pessoas: as molas.

Sua função é aplicar – ou suportar – uma força específica, protegendo a integridade do item no qual está instalado.

Um bom exemplo disso são as molas especiais para veículos. Implantadas em locais estratégicos, elas são fundamentais para que o veículo se mantenha estável e sob o controle do motorista. Sem elas, o automóvel seria mais danificado por terrenos acidentados, além de mais difícil de se conduzir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *