Confira os 3 itens indispensáveis para todos os ramos da indústria

A indústria é um setor muito plural e existem os mais variados ramos, desde a indústria alimentícia e têxtil até a indústria bélica.

No entanto, mesmo com toda essa diversidade no setor, existem aluns itens que são indispensáveis para a indústria de maneira geral, independente do ramo. Neste artigo, você vai conhecer 3 desses itens.

Segurança na indústria

1. Transformadores de energia

Comprar transformador é necessário para qualquer indústria, mesmo que sejam diferentes tipos de transformador e em diferentes quantidades. Os transformadores de energia se tratam de equipamentos eletrônicos e a sua principal função é garantir a segurança nas instalações elétricas industriais.

Em linhas gerais, um transformador de energia se trata de um equipamento capaz de induzir tensões e correntes, assim como modificar valores de impedância.

Em outras palavras, um transformador funciona como um conversor de energia. Ele converte uma corrente alternada em uma corrente contínua, é capa de transformar 220V em 110V, é capaz de modificar a força, a corrente elétrica e muito mais.

Isso é importante para que máquinas e equipamentos diferentes possam ser abastecidos pela mesma fonte de energia.

Por exemplo, uma máquina industrial precisa de muito mais energia do que um equipamento de medição. O transformador garante que o equipamento de medição não seja sobrecarregado e queime.

Geralmente, um transformador é composto por duas bobinas e um núcleo, mas existe o chamado auto transformador de apenas uma bobina (enrolamento).

A função das bobinas é criar um campo magnético e o auto-transformador é uma opção mais leve, menor e mais barata. Esse núcleo pode ser feito de ferro magnético, o que é mais comum, ou de ar. Os números de fases também variam, há transformadores monofásicos, trifásicos e polifásicos.

2. SPDA

A sigla spda significa Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas, o que significa que são sistemas de segurança, responsáveis por evitar danos causados por raios em tempos chuvosos.

Esse tipo de sistema é obrigatório em diversas construções e há uma série de normas regulamentando como deve ser feito e como sua manutenção precisa acontecer. Na linguagem popular é chamado de para-raios.

Uma empresa não recebe o seu alvará de funcionamento se a Instalação de para raios não tiver sido feita e o sistema não funcione perfeitamente.

Essa instalação precisa ser feito por um profissional habilidade, geralmente um engenheiro. Esse profissional deve seguir todas as normas reguladoras estipuladas para uma instalação de qualidade.

Existe um período adequado para a manutenção de para-raios, que varia de acordo com o nível de risco oferecido por aquele local. Entretanto, mesmo quando ainda não se passou o tempo estipulado para a manutenção, existe algumas situações que pedem por ela.

O principal exemplo é quando uma descarga elétrica atinge o SPDA, é crucial que um técnico seja chamado para avaliar a situação depois que isso acontece.

Como as indústrias possuem um maquinário grande e uma instalação elétrica complexa, o risco de incêndio e o prejuízo gerado por descargas atmosféricas costumam ser imensos. Por isso, o tempo entre as manutenções preventivas obrigatórias costuma ser menor.

Tecnologia na indústria

3. Serviços de automação

Automação de máquinas dentro da indústria é uma prática cada vez mais comum e indispensável para qualquer ramo industrial que deseje sucesso.

Afinal, quando o mercado está usando uma tecnologia e o seu negócio não está, seu negócio fica para trás, torna-se obsoleto. Mas, afinal, o que é a automação industrial?

A automação se baseia em diminuir a interferência humana nos processos. Dessa forma, as máquinas se auto-regulam e conseguem realizar muitas operações automaticamente.

Com isso, consegue uma lista de benefícios para a fábrica em questão:

  • Redução de falhas;
  • Aumento da produção;
  • Agilidade de processos;
  • Possibilidade de funcionar 24H por dia;
  • Relatórios automáticos e detalhados;
  • Mais segurança para os funcionários.

Muitas pessoas não entendem a ligação entre o aumento da segurança e a automação de máquinas em uma indústria. Basta pensar que existe uma série de lugares dentro de uma fábrica que não são adequados para pessoas.

Podem ser de difícil alcance, podem conter radioatividade, podem ser quentes demais. Com a automação, essas máquinas em lugares perigosos funcionam perfeitamente sem que uma pessoa vá até elas, se arriscando.

Em conclusão, existem diversos aspectos que precisam ser considerados quando se fala de indústrias, como a segurança, a regulação adequada de sistemas e mesmo o uso da tecnologia para melhorar o desempenho.

A dica é sempre fazer negócio com empresas de confiança, com profissionais bem capacitados e seguir todas as normas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *