Componentes e equipamentos presentes na indústria

As indústrias e os setores fabris são muito importantes para a humanidade, principalmente, porque empregam muitas pessoas e elaboram a produção dos mais diferentes tipos de insumos, que então é transformado em produtos dos mais variados tipos, celulares, computadores, e até mesmo os alimentos.

Para que a fábrica mantenha seu alto desempenho e faça produtos com qualidade e eficiência esses ambientes precisam se equipar com uma série de componentes.

Por exemplo, o extintor ABC 6kg para ajudar no combate a incêndio durante os processos, esteiras transportadoras e também os mais variados sistemas de refrigeração e controle de temperatura.

Neste artigo abordaremos e trataremos sobre alguns procedimentos e equipamentos que podem ser encontrados em uma indústria e o que permite que o desempenho seja de grandes resultados.

As manutenções industriais e sua importância

As fábricas são compostas e montadas com uma série de máquinas e ferramentas, além de sistemas diversos como de controle de temperatura, automação, controle de qualidade, monitoração e também de retirada do ar industrial do ambiente como o uso de exaustor de ar.

E por serem máquinas estão sujeitas a falhas e paradas na operação por variados motivos, e esse processo é normal.

Entretanto, dependendo das falhas muitas indústrias optavam pela substituição completa do equipamento por um novo, e que geralmente era do mesmo modelo, onerando e muito o orçamento.

Para diminuir os custos na compra de equipamentos, e optar pela compra apenas de modelos novos e que apresentam muitas vantagens, as indústrias vem usando como uma forma de gestão de ativos o que conhecemos como manutenção industrial.

Quando o pneu de um trator sofre algum acidente é possível fazer um remendo e continuar operando por um bom tempo antes de ser necessário a troca por um pneu trelleborg novo. No mesmo sentido acontece com as fábricas.

As máquinas podem ser consertadas para que então sua operacionalidade seja possível por um longo período de tempo antes que seja necessária sua substituição. Porém, para que as manutenções sirvam a esses interesses é necessário que ela seja preventiva.

A manutenção industrial preventiva funciona com a elaboração de um plano de manutenção, que de tempos em tempos, máquinas são revisadas, suas peças trocadas, suas engrenagens lubrificadas e até mesmo são identificados possíveis problemas que podem ocorrer.

Deste modo, a máquina funciona de maneira muito mais rápida, muito mais adequada e de forma contínua.

Além das máquinas, podem passar por esse processo o depurador e exaustor de ar, as esteiras, as empilhadeiras, sistemas informatizados, entre muitos outros.

Além da manutenção preventiva que é uma das mais importantes existem outras modalidades que convivem juntamente com esta, como:

  • Manutenção preditiva;
  • Manutenção detectiva;
  • Manutenção corretiva;
  • E a mais recente engenharia de manutenção.

Portanto, todos aqueles que desejam que as fábricas sejam eficientes, tenham grande grau de competitividade no mercado, é preciso ter como uma política de gerenciamento de ativos a manutenção dos equipamentos industriais, que vão da atenção aos insufladores de ar até mesmo aos exaustores e softwares.

Abaixo falaremos sobre um equipamento muito importante para a indústria, o exaustor industrial.

O exaustor industrial e seu uso

Para que o ambiente industrial seja seguro e também que os odores que estão presentes ali diminuam, uma série de setores como as químicas, médicas e automóveis usam em seus sistemas de ar os exaustores industriais.

Esses equipamentos assim como um depurador de gordura na cozinha, suga o ar ruim, expondo para fora e faz circular o ar limpo para dentro do ambiente.

Além de ajudar na circulação de um ar mais puro, ajuda na redução da temperatura dentro desses ambientes e previnem de forma bastante eficiente a estagnação do ar. Podem ajudar também na redução dos níveis de umidade do ar.

Iremos falar de alguns exaustores industriais. Os exaustores centrífugos são ventiladores de baixa pressão, que possuem pás inclinadas para frente.

Os exaustores murais são feitos por diâmetros diversos e eficientes. Já o exaustor tubular possui diâmetros normalizados, com 10.

Para saber qual o melhor exaustor é necessário buscar uma empresa especializada em ventilação e climatização que oferece tudo o que é necessário para sua fábrica e sua indústria.

Neste sentido entendemos que tudo em uma indústria deve ser pensado para que aconteça da melhor maneira possível e do melhor jeito possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *