Como melhorar um serviço de sondagem rotativa?

Os procedimentos empregados no cotidiano da construção civil devem levar em conta uma série de aspectos e sempre buscar as melhores soluções para projetos seguros, de sucesso e de qualidade.

Por isso, a terraplanagem é fundamental, sendo uma etapa extremamente cuidadosa para que todo o restante da obra não fique prejudicado.

Sendo assim, as técnicas utilizadas nesse processo são de alta precisão e podem oferecer muito mais proteção e durabilidade para as estruturas.

No artigo que você acompanha a seguir, fique por dentro de mais detalhes sobre alguns desses procedimentos essenciais e saiba como eles podem contribuir diretamente para um dos setores que mais impactam na vida das pessoas.

Levantamentos do terreno

Antes de qualquer processo construtivo sobre um terreno, é fundamental compreender, em primeiro lugar, quais são as características do local, os tipos de formação rochosa, entre outros aspectos do ambiente.

Desse forma, o Levantamento topográfico é indispensável, pois ele revela, por meio de um estudo aprofundado, a localização e o mapeamento de todos os componentes da superfície de um determinado terreno.

Essas características, que são tridimensionais (forma, configurações, alívio, etc), são aplicadas ao solo e analisadas para a criação de contornos.

Os levantamentos podem levar em conta, ainda, a presença de elementos naturais, como árvores e rochas, bem como as características chamadas de artificiais, que são:

  • Calçadas;
  • Ruas;
  • Muros de contenção;
  • Edifícios;
  • Polos de serviço;
  • Paisagismo.

A partir de todas essas informações obtidas, é possível criar um mapa que inclui todos os dados necessárias para que o procedimento construtivo possa ser feito sem riscos futuros.

Outros dados que também podem ser levados em conta são as linhas de limite, que tornam-se fundamentais em uma série de ocasiões inesperadas dentro do canteiro de obras.

Objetivo do levantamento

A principal finalidade de um levantamento sobre as características do terreno, portanto, é oferecer o mapa topográfico que será a base para todos os trabalhos futuros, sejam eles relacionados com planejamento ou design.

Isso é indispensável para a obtenção do devido licenciamento ambiental, fornecido pelos órgãos regulamentadores a partir da certificação de que todos os aspectos foram considerados e havendo, claro, uma conclusão positiva a respeito da possibilidade de construção naquele local.

Sem o levantamento, o risco de erros, custos imprevistos e, o que é pior, acidentes que podem chegar a ser fatais, aumentam consideravelmente.

Isso porque o levantamento é feito para:

  • Determinar as condições da área;
  • Identificar problemas com o solo;
  • Apresentar retrocessos de limites e recursos;
  • Fornecer base confiável para elaboração de projetos;
  • Indicar novos recursos.

Levantamento de desníveis

O chamado Levantamento planialtimétrico cadastral é feito por um agrimensor ou topógrafo para que sejam obtidas, com o máximo de precisão, a representação ideal de um terreno, seja ele urbano ou rural. Trata-se, portanto, de uma representação plana em três dimensões, a partir da qual é possível acessar informações sobre:

  • Desníveis das pastagens;
  • Níveis de açude;
  • Altura de estradas;
  • Plantações.

Todos os tipos de ação que são feitas pelo setor em uma determinada propriedade devem levar em conta esses aspectos e a localização precisa de cada tipo de formação de relevo, solo, etc, pois isso tem um impacto direto na qualidade do projeto executado.

É preciso, por exemplo, chegar ao número de desnível de todo o terreno, otimizando a construção e tornando-a muito mais ágil e segura.

Sua realização é feita, principalmente, quando há uma demanda pelo conhecimento mais preciso sobre o desnível entre pontos quaisquer dentro de um terreno, ou de uma propriedade de terra.

Na agropecuária, esse serviço é bastante empregado, sendo ideal para projetos e implantações de irrigação ou fertirrigação, o que pode ser exemplificado por plantações de:

  • Milho;
  • Café;
  • Cana-de-açúcar;
  • Laranja;
  • Limão.

Sondagens

sondagem é outro procedimento que faz parte da construção civil, importante na hora de conhecer mais sobre um terreno e suas possibilidades construtivas.

Dessa forma, é por meio de um método investigativo que tem como base amostragens rochosas, que esse processo consegue revelar o tipo de rocha presente, seu grau de alteração, o fraturamento, a coerência, a xistosidade, a porcentagem de recuperação e até mesmo a qualidade da rocha.

Um método extremamente eficaz é a chamada Sondagem rotativa, que realizar ações perfurantes nas rochas por meio de rotação para que, atuando de forma conjugada, elas possam ser devidamente cortadas no formato necessário para a análise posterior.

O mais importante nessa situação, é que todos os procedimentos sejam executados por profissionais devidamente habilitados e com os conhecimentos necessários para a execução de um trabalho preciso e confiável.

Além disso, vale lembrar que o uso de equipamentos de proteção é fundamental para evitar riscos de lesões e até mesmo acidentes que podem ser fatais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *