Manutenção em equipamentos industriais

No mundo dos acessórios industriais, a manutenção de equipamentos é uma necessidade comum. Existem vários e formas de fazer esse tipo de serviço.

Há opções que vão desde a manutenção de grampeadores até serviços mais complexos como a limpeza e os cuidados reparadores com produtos como as máquinas pneumáticas ou equipamento pesado.

Independente da situação, é importante sempre analisar alguns fatores antes de contratar empresas parceiras para executar a manutenção em sua forma preventiva ou reparadora.

A frequência de uso do equipamento, o desgaste, o porte da indústria e a qualidade dos componentes eletrônicos são alguns fatores que interferem na frequência e na forma de manutenção.

Em ambientes como laboratórios ou clínicas odontológicas, por exemplo, o serviço de Manutenção de autoclave tem uma periodicidade maior.

Como neste caso, o equipamento serve para esterilizações, a manutenção serve também para manter o produto limpo. Se você tem algum equipamento industrial ou quer saber mais sobre cuidados básicos com a manutenção de diferentes equipamentos, esse artigo pode te ajudar.

Manutenção de grampeadores

Acessórios como os grampeadores industriais fazem parte da composição de vários tipos de maquinas e equipamentos.

Diferente da ideia de um grampeador comum, na indústria, esses acessórios são usados das mais diversas formas, mas para grampear coisas muito maiores e mais complexas do que folhas de papel.

Considerando que a indústria tem uma rotina intensa, a forma de cuidar desses produtos também precisa de atenção. Seja para um grampeador de madeira ou outro modelo de grampeador, a manutenção é uma coisa importante.

Ela pode ser feita de duas formas: preventiva ou reparadora. No primeiro caso, a manutenção pode ser feita de forma periódica, a cada 6 meses, conforme as condições de uso do grampeador.

No segundo, é indicado fazer quando há falhas causadas por causa desse produto. Nas duas situações, o cenário ideal é contar com um especialista em manutenção de grampeadores. Antes de contratar um profissional para executar esse tipo de serviço é importante verificar:

  • Experiência da empresa com marca do produto;

  • Qualidade da mão de obra;

  • Tempo da manutenção;

  • Garantia.

Manutenção de autoclave

Usadas essencialmente para esterilizar materiais, descontaminar produtos e impedir a proliferação de bactérias, as autoclaves são equipamentos fundamentais em laboratórios e clínicas. Para manter a eficiência máxima deste equipamento, a manutenção de autoclave é uma necessidade periódica.

É fundamental que as empresas façam esse serviço de forma minuciosa. Além da revisão de componentes, a manutenção desse tipo de produto também inclui a limpeza  das máquinas.

Para que os efeitos da manutenção durem mais, é fundamental ter alguns cuidados extras nessa situação. Confira as dicas na lista abaixo:

  • Não deixe papéis e plásticos dentro da autoclave;

  • Evite usar produtos que mancham para limpeza;

  • Certifique-se que todos os instrumentos para esterilização foram retirados;

  • Faça a regulagem da temperatura adequada do produto.

Como as autoclaves são materiais que lidam diretamente com bactérias e potenciais substâncias contaminantes também é essencial que o profissional use luvas.

Manutenção em guindastes

Nos veículos industriais ou em outros equipamentos de transporte em altura, o uso de guinchos e guindastes é comum. Mas, assim como outros materiais, os guindastes podem sofrer algumas alterações por causa da rotina.

Diante do peso excessivo ou do manuseio incorreto, a necessidade de Manutenção em guindastes também é necessária, seja para reparo ou prevenção.

Seja para melhor desempenho nas máquinas ou correção de algum tipo de inclinação de risco, é importante que os parafusos dos guindastes sejam apertados e esse material seja bem encaixado.

Assim como outros tipos de maquinários, os guindastes possuem necessidades específicas e a manutenção é fundamental para que a operação industrial se mantenha produtiva.

Ferramentas pneumáticas

As ferramentas pneumáticas são aquelas usadas para algum processo que envolve o ar. Propulsoras, pistolas de pintura, alguns tipos de motores e outros acessórios semelhantes podem ser considerados neste cenário.

Além dos cuidados de rotina, com a montagem, a desmontagem e o armazenamento adequado, essas ferramentas também precisam de cuidados preventivos e reparadores.

Na prática, vale reforçar que as ferramenta pneumáticas são produtos que funcionam a partir do ar comprimido. Na indústria, são muito encontradas no setor automotivo e mecânico. Tanto os cuidados quanto a manutenção são fundamentais para auxiliar na produtividade desse equipamento e, consequentemente, do negócio. Fica a dica!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *