A borracha e a fibra de silicone na indústria

O ciclo da borracha foi um acontecimento na história do Brasil, com grandes impactos econômicos e sociais na região amazônica.

Trazendo transformações culturais, através da extração do látex da seringueira e da comercialização da borracha.

As mudanças sociais, arquitetônicas e o crescimento de cidades como Manaus, Porto Velho e Belém, foram as principais mudanças, durante o período que teve seu auge entre o final do século XIX e início do século XX.

Hoje, a borracha é a matéria-prima para diversos produtos muito populares, é necessária, por exemplo, a borracha para fabricar chinelos, ponteiras de muleta, anéis de vedação dentre uma infinidade de aplicações.

O uso da borracha na indústria

Na indústria, a borracha os produtos podem ser agrupados pelo seu método de fabricação ou pela sua aplicação. Artefatos moldados, são todos os produtos obtidos através da moldagem por compressão, transferência ou injeção.

Existem diversos produtos que se destinam às mais diversas utilizações industriais, domésticas, farmacêuticas, cirúrgicas, agrícolas, dentre outras. Existem também os produtos obtidos por extrusão.

Muito utilizados na construção civil, setor automobilístico e a indústria em geral que necessita de tubos, cordões ou seções especiais.

A borracha também é empregada na confecção de tecidos, caso do lençol de viton, que é um tipo de elastômero, muito utilizado como matéria-prima em produtos que são submetidos a temperaturas elevadas durante o processos industriais.

Sendo resistente também a ataques químicos, pois reage muito bem aos ácidos concentrados, como o ácido nítrico e o ácido sulfúrico, além de alguns tipos de óleos e graxa.

Quando é utilizado na construção civil, pode ser empregado nas vedações em geral, pois é superior aos outros tipos de borracha.

O que é viton?

O viton é principalmente usado na produção de vedações, que entrarão em contato com fluidos derivados do petróleo, fluidos derivados do silicone, graxas, tricloroetileno, ácidos, dentre outros.

Além da aplicação mais industrial, tecidos com elastano fazem parte da confecção de roupas e acessórios, como calça e travesseiros, esse último que deve ser preenchido com outro material muito interessante, a fibra siliconada.

Ela vem ganhando a preferência das confecções atualmente, por seus atributos existem no mercado brasileiro, fibras com diferentes preços e características para diversas aplicações, em sua maioria importadas, quase que exclusivamente da China.

Elas são compactados com prensa hidráulica na fábrica, para o serem transportadas, nesse estado, a fibra é conhecida como fibra fechada, sendo impossível de ser utilizada diretamente em aplicações que conhecemos.

É necessário utilizar uma máquina de abrir fibras, para efetuar o processo de cardagem e expansão da fibra, transformando assim, o fardo no produto que será vendido no varejo.

Mesmo existindo as borrachas sintéticas, alguns produtos ainda são feitos a partir do látex, proveniente da seringueira, conheça alguns deles.

Os produtos derivados da borracha

Apesar da criação de diversos tipos de borrachas sintéticas, como a borracha de silicone, o produto natural, feito a partir do látex, ainda é extremamente utilizada na confecção de diversos produtos.

A maioria dos produtos de borracha, passam pelo processo de vulcanização, onde a borracha natural é misturada com enxofre.

A fim de tornar o produto mais resistente aos efeitos da temperatura, a borracha natural se torna quebradiça em baixas temperaturas.

Sendo assim, quanto maior a quantidade de enxofre, menor a elasticidade da borracha e maior a sua resistência. Conheça alguma aplicações da borracha natural:

  • Pneus: os radiais são feitos com borracha natural e sintética, o que confere a redução no consumo de combustível, melhor controle em curvas, maior tração, e mais segurança durante a condução;
  • Produtos de saúde: usado em materiais de proteção descartáveis como luvas, elásticos, mangueiras, cateteres, tubos cirúrgicos, preservativos, dentre outros;
  • Calçados: como por exemplo borracha para chinelo, solas e até em calçados inteiros, como botas e sapatões;
  • Autopeças e acessórios: sendo utilizada como matéria-prima para componentes, como tapetes, soleiras, batentes, buchas, coxins, frisos, dentre outros;
  • Recauchutagem: que é a banda crua colocada no pneu, ela é feita de borracha natural e outros compostos químicos, que garantem a reutilização do pneu;
  • Artefatos diversos: a borracha natural que serve para outra infinidade de produtos, como brinquedos, artefatos para cozinha, etc.

A utilização da fibra siliconada nas indústrias

As fibras siliconadas e sua utilização pela indústria brasileira, quais as principais características desse produto tão utilizado pela indústria de confecção? A fibra siliconada para enchimento é largamente usada pela indústria.

A fibra, chamada de “fibra aberta” ou “fibra expandida”, que encontramos no varejo e embalada em sacos plásticos, de diversos tamanhos, são essenciais para as grandes indústrias de almofadas, estofados e brinquedos de pelúcia.

Existe maquinário que já possui um bico de enchimento que preenchem diretamente o produto final. As fibras vêm evoluindo ao longo do tempo.

Mas atualmente, as fibras siliconadas se diferenciam pelas características antialérgicas, resiliência, leveza, entre outras.

As fibras e as borrachas, estão à nossa volta e fazem parte cada vez mais de nossas roupas, calçados e equipamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *