As vantagens da automação para o setor industrial

Os avanços tecnológicos permitiram uma série de facilidades no dia a dia. Diversas tarefas que despendiam muito tempo, como lavar roupa, por exemplo, podem ser muito mais simples por meio do uso das máquinas de levar e secadoras – tudo graças ao desenvolvimento da tecnologia.

Se no cotidiano é possível usufruir dessas vantagens, o setor industrial os benefícios são muito maiores: aumento da produtividade, redução de custos e melhoria na qualidade dos produtos são apenas alguns dos muitos pontos positivos.

Esse processo de aplicação tecnológica na indústria é conhecido como automação industrial.

O principal objetivo é aumentar a eficiência dos processos e maximizar a produção, por meio de máquinas eletromecânicas, softwares, dispositivos de gerenciamento, aparelhos e equipamentos específicos que automatizam os trabalhos na indústria.

Dentre os item mais usados na automação, destacam-se os computadores, controladores lógicos programáveis (CLPs) e comandos numéricos computadorizados (CNCs).

Além disso, a automação atual também está ligada ao desenvolvimento da robótica, com sistemas de controle distribuídos que também aumentam a produtividade e a agilidade de fabricação no setor.

Ou seja, é a tecnologia trabalhando a favor do homem para o crescimento da indústria em melhorias na qualidade de bens de consumo e métodos de trabalho.

As principais vantagens da automação industrial

Mais do que melhorar e agilizar a produtividade, a automação de processos industriais traz muitos outros benefícios para o setor.

Por esse motivo, é cada vez mais comum a adoção de máquinas, equipamentos, dispositivos e sistemas integrados nas fábricas. Entre as vantagens, destacam-se:

  • Menor custo de produção e fabricação;
  • Redução dos acidentes de trabalho;
  • Melhores condições para os trabalhadores;
  • Vantagem competitiva em relação a outras empresas;
  • Redução na emissão de poluentes e resíduos.

Fora esses pontos, a questão da precisão é destaque na automação industrial. Isso é resultado da integração das diversas variáveis envolvidas no processo de produção, em sintonia com um computador, geralmente, com inteligência artificial, que realiza as medições de tempo, qualidade e produtividade, por meio de sensores próprios.

Dessa maneira, tem-se o timing perfeito da produção, com mínimas probabilidades de falhas.

Além disso, a segurança também é outro fator em evidência. Mais do que propiciar melhores condições de trabalho, a automação adéqua as máquinas e equipamentos às normas técnicas, especialmente, a NR 12.

Outros componentes, como rele de impulso preço atrativo também são incorporados às legislações e normas vigentes, para redução de acidentes de trabalho.

Vale ressaltar que a automação de processos de produção industrial também reduz os custos com mão de obra, sendo possível voltar a contratação para profissionais mais especializados e qualificados.

Isso também aumenta a qualidade dos bens produzidos, pois além da precisão e eficiência das máquinas, os colaboradores contratados possuem conhecimentos específicos sobre o trabalho, atuando no controle de qualidade humano.

Engana-se quem pensa que a automação industrial e a tecnologia produzem somente produtos em série. Pelo contrário: é possível ter maior flexibilidade nas linhas de produção, seja para a produção just in time (quando há encomendas), ou para a fabricação mais enxuta.

Além disso, uma indústria automatizada é capaz de produzir sem interrupções, ou seja, 24 horas por dia, nos 7 dias da semana.

É possível programar as máquinas para continuar operando, mesmo fora do horário de trabalho da fábrica, gerando cada vez mais produção.

Todas as fábricas podem investir na automação industrial?

A grande maioria das fábricas e indústrias pode investir em projetos de automação industrial, bem como aplicação de tecnologia para aumento da produtividade.

Uma empresa de montagem de tubulação industrial, por exemplo, pode contar com softwares integrados, para avaliar a precisão dos tubos instalados, além de verificar se as condições de estanqueidade estão adequadas.

As indústrias de fabricação de carros foram as mais beneficiadas pela automação industrial, ainda mais, com o advento da robótica.

Se antes, um carro demorava meses para ficar pronto, atualmente em questão de poucas horas já é possível ter um automóvel quase completo.

A automação industrial também é uma ótima alternativa para os serviços de manutenção na indústria, pois a tecnologia permite a realização de análises, testes e reparos com mais eficiência, em comparação com os consertos que anteriormente eram feitos manualmente.

Desse modo, é possível evitar falhas nos maquinários e, ainda, prever substituição de peças ou revisões periódicas para os equipamentos e máquinas, sempre visando a melhor produtividade do setor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *