Aparatos importantes para a manutenção de sistemas hidráulicos

Na sua residência, você já sofreu com problemas de vazamento de água? Pois saiba que essa é uma das adversidades mais recorrentes em casas, comércios e indústrias, quando não há um revestimento adequado.

Isso pode ser decorrente de uma má instalação do sistema hidráulico. Assim, em qualquer lugar, seja em prédios residenciais, comerciais e nas indústrias, o sistema hidráulico é de suma importância e deve ser feito de forma adequada.

Por isso, a instalação correta dessa estrutura é essencial, já que ela é a responsável por prover a substância mais essencial para nossas vidas e também fundamental para o funcionamento do setor industrial: a água.

Por este motivo, nesse texto, falaremos de alguns elementos importantes que devem estar presentes em todos os sistemas de instalação hidráulica, como funciona a distribuição de água para os setores industriais e qual a importância do sistema para o pleno funcionamento das máquinas, bem como as principais estratégias de manutenção desse e de outros sistemas industriais.

Composição do sistema hidráulico

As instalações hidraulicas de uma indústria são compostas, principalmente, por equipamentos de tubulação.

A tubulação é formada por tubos e conexões, sendo esses aparatos primordiais para o abastecimento de água nas saídas adequadas.

Os tubos são objetos fabricados em diversos formatos e advindos de tipos de materiais distintos, sendo o mais utilizado e recomendado o tubo de PVC (policloreto de vinila).

Já as conexões são pequenos acessórios, feitos a base de materiais metálicos, que são os encarregados de conectar um tubo ao outro, criando um sistema de tubulação.

Além de tubos e conexões, existem também outros objetos que fazem parte da composição de um sistema hidráulico.

Para que esse processo de transferência de água seja feito de maneira correta, sem que haja interrupção do fluxo, decorrente melhores condições de abastecer todo os setores industriais.

Para que haja uma fixação correta dos tubos dentro de uma instalação hidráulica, a abraçadeira tipo gota 6, por exemplo, é um dos itens mais recomendados.

Essa pequena peça metálica é posicionada no sistema hidráulico em volta dos tubos, colocada junto à sustentação das estruturas e faz com que essa tubulação fique presa.

Esse acabamento é de suma importância para garantir uma construção adequada da canalização, pois assegura que todos os objetos estarão protegidos e bem fixados.

Por conta da grande pressão e da movimentação constante da água, os tubos costumam balançar bastante, por isso é essencial que eles estejam bem fixados, evitando que estourem ou sofram deslocamento do posicionamento.

As abraçadeiras também são muito utilizados em outros sistemas, como nas instalações elétricas.

Basicamente, nessas instalações, elas também exercem a função de fixação. Contudo, nesse caso, de fios e cabos elétricos, protegendo todos os equipamentos de desgastes e corrosões.

A nomenclatura das abraçadeiras é dada principalmente pelo seu formato, que varia bastante. Existem diversos tipos de abraçadeiras no mercado. Conheça algumas delas:

  • Abracadeira tipo U;
  • Abracadeira tipo D;
  • Abraçadeira tipo unha;
  • Abraçadeira tipo copo;
  • Abraçadeira de condutor retangular.

Manutenções imprescindíveis

Para que todos esses sistemas e aparelhagem continuem funcionando a todo vapor nas indústrias, é imprescindível que os responsáveis se atentem para as estratégias de manutenção industrial disponíveis.

Existem diversas maneiras de realizar a manutenção de equipamentos e máquinas industriais, utilizando ideias e planejamento.

O processamento de uma manutenção começa com a análise de todos os setores da indústrias, criando uma base de dados acerca de toda a aparelhagem existente.

A partir dos dados, é possível compreender a probabilidade de um instrumento falhar, bem como realizar a sua manutenção de forma adequada e em tempo hábil.

Dessa maneira, as manutenções podem ser feitas mais rapidamente, evitando a perda desnecessária de peças e ferramentas, bem como um maior gasto.

Aplicações para outros setores

Diferentes objetos e técnicas de automação podem auxiliar na produção e nos processos de manutenções, como as soldas.

As soldas são responsáveis por realizar a junção de peças metálicas, que serão levadas para a população, como na criação de uma gancheira fixa.

Esse equipamento está presente na vida de muitas pessoas que, provavelmente, desconhecem a sua existência e os processos envolvidos para sua fabricação.

Uma de suas utilidades é a de realizar a fixação de câmbios em bicicletas. Para a aplicação de uma gancheira fixa, é necessário um procedimento de soldagem. Do mesmo modo, uma peça semelhante é usada no setor industrial, de modo a permitir a fixação de diversos objetos.

Visando um melhor desempenho desse instrumento, é possível realizar pequenas aplicações na sua superfície, como a injeção de plastisol para gancheiras.

Esse material garante uma diminuição de ruídos e também serve como isolante de temperaturas criadas pelo atrito constante dos objetos, auxiliando na preservação das peças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *