A importância de uma boa iluminação nas indústrias

A iluminação é uma das formas mais eficientes de garantir a boa transmissão de luz dentro de um determinado ambiente, para facilitar a visibilidade e ajudar nas tarefas cotidianas.

Na indústria, a iluminação é um dos aspectos mais importantes do setor, pois é preciso realizar um projeto completo de engenharia, para dispor luminárias de qualidade, que ajudem a melhorar a nitidez para as atividades exercidas dentro do segmento.

Uma má iluminação industrial, além de prejudicar a visibilidade, também pode acarretar em acidentes de trabalho, pois os colaboradores podem ter alguma dificuldade na hora de enxergar corretamente o local, principalmente, diante da operação de máquinas e equipamentos de alto desempenho.

Além disso, os projetos de iluminação nas indústrias tendem a ser grandes, devido ao próprio espaço e, por esse motivo, o mais indicado é procurar por boas empresas de engenharia elétrica, que irão planejar todos os pontos principais para uma iluminação efetiva.

As vantagens das lâmpadas LED para a iluminação industrial

Ao mesmo tempo em que a indústria precisa de uma iluminação de qualidade, o projeto elétrico deve visar também a redução de custos no setor. Nesse sentido, é preciso priorizar o uso de equipamentos acessíveis e que ajudem na redução do consumo de eletricidade, para que os gastos não ultrapassem a margem de lucratividade do segmento.

Sendo assim, uma das formas mais otimizadas de iluminação industrial é o uso de lâmpadas LED. Elas são capazes de converter a energia elétrica diretamente em energia luminosa por meio de pequenos chips, com muito mais eficiência do que as tradicionais lâmpadas incandescentes.

Além disso, o LED utiliza baixa tensão (10 a 24 volts), o que representa um baixo consumo energético. Entre outras vantagens das lâmpadas LED, destacam-se:

  • Economia de até 80% no consumo de energia elétrica;
  • Longa vida útil e alta durabilidade do LED;
  • Não emite radiação ultravioleta nem causa cansaço visual;
  • Não emite poluentes ao meio ambiente e pode ser reciclada.

Outro ponto muito vantajoso, é que as lâmpadas LED têm um design inovador. Ou seja, além de colaborarem com a visualidade do ambiente, é possível encontrar luminária led decorativa, que dá um toque diferenciado ao ambiente.

Outro ponto positivo está no fato de que as lâmpadas LED não precisam de manutenções constantes, reduzindo as preocupações humanas para o gerenciamento e funcionamento do sistema de iluminação industrial.

É importante ressaltar que os projetos elétricos de iluminação da indústria, incluindo os que utilizam as lâmpadas LED, devem seguir corretamente todas as normas técnicas e especificações vigentes, em especial, a NBR ISO 8995-1.

Basicamente, essa norma estabelece os níveis mínimos aceitáveis de intensidade e qualidade da iluminação.

Como consequência de um bom projeto elétrico, pode-se perceber a melhora do clima organizacional e da produtividade na indústria.

Tipos especiais de iluminação industrial e suas aplicações

O uso do LED, além de altamente eficiente nas lâmpadas, pode ser visto em artigos especiais, como na cortina de luz.

De modo geral, esse elemento tem como objetivo garantir a segurança dos colaboradores, sendo um método avançado de proteger pessoas que trabalham diretamente com máquinas ou em locais com risco ou perigo de acidentes.

As cortinas de luz funcionam com um transmissor fotoelétrico, que projeta uma matriz de feixes de luz infravermelha sincronizada, paralelamente a uma unidade receptora.

Desse modo, quando o emissor e receptor estão instalados e há a presença de um objeto que interrompe os feixes, a cortina de luz irá enviar um sinal de parada e, assim, proteger o colaborador.

O LED é aplicado na unidade transmissora da cortina de luz, que emite pulsos infravermelhos invisíveis ao olho humano, mesmo quando o equipamento está energizado.

Assim, os pulsos de luz são sequenciados e modulados em uma sequência específica, de modo muito preciso, eficiente e rápido.

As cortinas de luz fazem parte de estratégias de automação industrial, ou seja, do conjunto de dispositivos instalados na indústria, com o intuito de maximizar a produção, reduzir custos e colaborar para um ambiente de trabalho mais saudável, com a mínima ocorrência de acidentes.

É imprescindível que a cortina de luz siga corretamente as recomendações do Controle atendendo a requisitos e Normas de Segurança e Saúde Ocupacional (OSHA), Instituto Nacional Americano de padrões (ANSI) para a ANSI B11.19-2003, que dizem respeito à segurança e outros aspectos de instalação, funcionamento e operação do equipamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *