3 equipamentos que você vai querer na sua indústria

Um projeto de instalações elétricas de uma indústria se refere  à instalação e ajuste do sistema elétrico industrial e é feito por engenheiros eletricistas responsáveis.

Se a indústria que esteja sendo construída do zero, com a criação de uma montagem elétrica nova, ou se está apenas sofrendo mudanças devido às novas necessidades que surgiram no processo industrial.

É imprescindível contratar uma empresa qualificada, reconhecida e que conte com profissionais confiáveis que possam realizar esse tipo de serviço  de instalação eletrica de forma segura, ágil e eficaz.

Abaixo, segue uma lista com os principais componentes de uma montagem elétrica industrial:

  • Painéis elétricos
  • Sistemas de comando
  • Toda infraestrutura para os equipamentos
  • Acionamento de chave estática
  • Fluxo de energia
  • Quadros de distribuição

Cada um desses itens faz com que os equipamentos recebam a quantidade adequada de energia para o seu funcionamento, suportando e não deixando o sistema ficar sobrecarregado.

A produção e instalação do sistema elétrico precisa seguir um alto padrão para que não comprometa o desempenho da produção industrial.

O tempo gasto para efetuar a instalação desse serviço, cumprindo todos os prazos planejados também deve ser levado em consideração quando o dono da indústria escolhe os profissionais que vão atuar na instalação.

Quando se fala em energia elétrica, a segurança deve ser colocada em primeiro lugar, para evitar possíveis acidentes na indústria. Um banco de capacitores preço pode ser necessário nesse processo.

O que é a cabine primária

Ainda falando em energia, a cabine primária é  um conjunto de sistemas e componentes que transforma a energia elétrica com as respectivas tensões de transmissão de 188kV, 88kV, 32kV, 28 kV, 22kV, 13,8 kV para as tensões de utilização de 440V, 380V, 220V e 110V.

Existem no mercado diferentes modelos de cabines e subestações. Enquanto a subestação é um conjunto complexo e que precisa de uma área de, no mínimo, 400m2 para ser instalada, a cabine primária é um conjunto bem mais simples que, em caso de muito espaço, necessita de, no mínimo, 34m2.

Normalmente, as residências são atendidas em baixa tensão (110 ou 220V) em função da carga de energia elétrica que elas demandam.

Já grandes comércios e indústrias que demandam uma maior quantidade de energia elétrica, usualmente são atendidas, em média e alta tensão.

Essa energia em alta tensão é conectada na indústria por meio da cabine primária que, junto com o transformador, faz a redução para um nível de tensão a ser utilizada dentro da fábrica.

Para que serve um transformador

O transformador tem como principal objetivo transmitir a energia elétrica ou potência elétrica de um circuito a outro, por meio da indução de tensões, correntes, ou alterando os valores das impedâncias elétricas de um circuito.

O preço transformador pode variar conforme a sua potência e o nível de tensão que ele apresenta.

Os transformadores podem ser usados em diversos lugares, desde os sistemas elétricos de transmissão de energia nas concessionárias de distribuição de energia até em residências, shoppings, restaurantes, hospitais e também está muito presente nas indústrias.

No Brasil, existem regiões com diferentes tensões, que variam entre 110 e 220V.

Quando uma pessoa se muda de um local para a outro que possuem tensões de fornecimentos distintos, ela, obrigatoriamente, deve usar um transformador de 110 para 220, ou um transformador abaixador, para que não seja preciso adquirir novos eletrodomésticos.

O transformador abaixador possui mais espiras no circuito primário do que no secundário. Já o transformador elevador possui, ao contrário do abaixador, uma maior quantidade de espiras no circuito secundário.

Esses equipamentos são utilizados principalmente na situação citada acima, quando há diferença de voltagem entre regiões.

Uma diferença entre o autotransformador e o o transformador é que o primeiro possui apenas um enrolamento, e tem diferentes tensões na saída. Enquanto isso, o transformador só possui uma entrada e uma saída.

A principal função do autotransformador é permitir o uso de determinado aparelho eletrônico mesmo que ele tenha uma voltagem diferente da voltagem da tomada do local em que ele vai ser usado.

Muitas empresas fazem a locação de transformadores, pois, em alguns casos, eles precisam ser usados só por um determinado período de tempo, não havendo necessidade de fazer a compra, já que, dependendo do transformador, o investimento pode ser alto e não valer a pena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *